Molhos/ Receitas

Como fazer Maionese Caseira verde, de leite

Como dito no post anterior, eu voltaria com a receita da sagrada maionese caseira, sim, aquela verdinha. Já falei por diversas vezes, a pessoa que “inventou” essa sagrada especiaria tem uma cadeira cativa no céu.

Você já deve ter ido a pelo menos uma lanchonete ou boteco que sirva esta maionese, e certamente comido mais a maionese que o próprio prato que havia pedido.

Aqui em Floripa ainda é novidade, são poucos os lugares que oferecem, mas ao menos são gratuitas, diferentemente de outras cidades que cobram por ela.

Muitas pessoas fazem vista grossa e ficam com receio de come-la, pois em alguns lugares elas são feitas a base de ovo, logo, ficam com medo da tão falada salmonela. Ou então, por ir muito óleo, ficam com medo de engordar ou por ser muito calórico.

Por diversas vezes fui a uma lanchonete da região, e que futuramente teremos um post especialmente à ela, onde é servido esta maionese, mas à base de leite. Logo após aprecia-la pensei: Por que não tentar?

Então, depois de um certo tempo me arrisquei em fazer. Não é muito difícil de fazer, o problema maior está em pegar o ponto certo. Mas logo na primeira vez eu consegui deixa-la muito boa.

Vamos aos ingredientes;

  • Meio copo de LEITE (gelado)
  • 1 litro de ÓLEO DE GIRASSOL ou de MILHO
  • Sal a gosto

– Cheiro verde bem picadinho a gosto (salsinha e cebolinha)

Esses valores equivalem à um tubo de maionese.

E o fato de utilizar óleo de girassol ou milho, é por não conter colesterol ou demais gorduras, preocupando-se apenas com as calorias em questão, e também pra comer sem medo.

Modo de preparo;

– Num liquidificador, você coloca o leite junto com o cheiro verde e dá um pulsada, pra ajudar a triturar a misturar.

– Ainda batendo, vá adicionando lentamente o óleo até dár consistência e ficar na forma que VOCÊ preferir.

– Vá adicionando sal e provando, até ficar do seu gosto.

Feito isso, coloque no tubo de maionese e faça um excelente proveito.

Lembrando que ela deve ser consumida em no máximo 3 dias. Se sentiu um cheiro estranho ou azedo, jogue fora imediatamente.

Até a próxima!

ATENÇÃO: ESTE POST FOI EDITADO. NUM DESCUIDO, TROQUEI A ORDEM DOS FATORES, É… DESCULPEM!

You Might Also Like

83 Comentários

  • Responder
    Alexandre
    15 de fevereiro de 2011 at 2:04 pm

    opa, que o blog tenha muito sucesso..

    aproveitando.. você utilizou leite na temperatura ambiente ou gelado? já ví essa receita ser feita com leite gelado e “desandar”..

    • Responder
      Everton
      15 de fevereiro de 2011 at 2:22 pm

      Opa, obrigado! Então, fiz com ele gelado. Não cheguei a fazer em temperatura ambiente. Vou tentar e qualquer coisa edito o post. Valeu! 🙂

      • Responder
        Alguém
        7 de março de 2012 at 6:28 pm

        cara, é meio copo de leite mas QUE meio copo?? meio copo de 200 ml?? de 100 ml? de 400 ml?? faz o post direito por favor

        • Responder
          Everton Veber
          7 de março de 2012 at 10:02 pm

          Pode ser meio copo daqueles de requeijão.

          • cléo
            20 de abril de 2013 at 10:57 pm

            OI. FIZ A MAIONESE. ELA FICOU CREMOSA COMO EU QUERIA. MAIS FICOU COM CHEIRO E GOSTO DA SALSINHA E DO ÓLEO. O Q FAÇO?

          • cléo
            20 de abril de 2013 at 11:13 pm

            POSSO COLOCAR LIMÃO. SE SIM QUAL A QUANTIDADE?

        • Responder
          cléo
          20 de abril de 2013 at 11:11 pm

          250ML

    • Responder
      sheyla sobreira
      31 de maio de 2011 at 1:41 pm

      Sou apenas uma dona de casa, enfermeira, preocupada c/a saúde,não tenha dúvida. Vi um comentário sobre Salmonelas e queria dizer que se for colocado o ovo semi-cozido ( 3 min.) no lugar do pausterizado (que é mais difícil), vai fazer o mesmo efeito na textura. faço de todas as cores e fica uma delícia! !
      ( Com espinafre, cenoura, beterraba, açafrão, alho, cebola, azeitona, atum e tantos outros).
      A base da receita é ótima !!!

  • Responder
    Gabi Bondan
    15 de fevereiro de 2011 at 4:13 pm

    Eu não como maionese, mas tenho um noivo apaixonado pelas caseiras, logo, testamos váaaarias receitas.

    A que ele diz ficar mais gostosa é a com ovo. Mas como já citado, tem o problema da salmonela e tal. Mas já vende na Grande Florianópolis (em Forquilhinhas, mais exatamente) clara e gema de ovo pasteurizados. Tem textura de ovo cru, mas sem riscos de contaminação.

    Acho que vale a dica pros apaixonados por maionese de ovo 🙂

    • Responder
      Everton
      15 de fevereiro de 2011 at 4:34 pm

      A dica é válida. Eu desconhecia esses produtos. Mas a intenção de usar somente leite e óleo é de comer sem medo.
      Se fizeres a maionese com esses produtos nos avise. 🙂

      • Responder
        LUIZ
        28 de junho de 2011 at 2:37 pm

        EU FAÇO SO COM LEITE E OLEO

  • Responder
    Fabiana Jordan
    15 de fevereiro de 2011 at 6:15 pm

    Faço toda semana e com ovo, super hiper bem lavado.
    Se tem uma coisa que não paro para contar calorias é com essa iguaria dos céus.
    Vou testar essa com leite 😉

    • Responder
      Pol
      26 de outubro de 2012 at 12:56 pm

      Olá! Não lave o ovo pois ele é poroso e as impurezas que estavam fora da casca entram nele!!! E outra, água não tira as toxinas da salmonela, se tiver. O único jeito é o cozimento.

  • Responder
    Ju
    16 de fevereiro de 2011 at 11:36 am

    Não deu certoooo! Tentei ontem a noite, empolgadíssima, mas ficou extremamente líquido. Tem certeza que não falta nenhum ingrediente?
    🙁

    • Responder
      Everton Veber
      16 de fevereiro de 2011 at 11:51 am

      Você colocou primeiro o óleo e depois foi adicionando o leite enquanto batia? A quantidade de leite é que dá o ponto. Como dito no post, você deixa no ponto que achar melhor. Uma pena =(

      • Responder
        Ju
        16 de fevereiro de 2011 at 2:30 pm

        Oi Éverton! Pode deixar que tentarei de novo…
        Na verdade botei menos leite do que o indicado, pois quanto mais leite eu colocava, mais líquido ficava. Por que será? O leite que deixa mais consistente?

        • Responder
          Everton Veber
          16 de fevereiro de 2011 at 2:57 pm

          Olá. Cometi uma ENORME gafe. Mil perdões. É o ÓLEO que dá o ponto. Eu acabei trocando os produtos.
          Eu editei agora o post.
          Óh, céus…

          • Ju
            16 de fevereiro de 2011 at 3:00 pm

            Ahahahahhahaha! Eu tava achando muuuito estranho! Ahahahahahhahahahahaha! To me matando de rir!
            No fim, salvei a tentativa da galera. Acho que mereço mil potes da maionese verde, né?

    • Responder
      cléo
      20 de abril de 2013 at 11:00 pm

      VC TEM Q IR COLOCANDO ÓLEO Q FICA CREMOSA. MAIS O PROBLEMA É Q FICOU COM GOSTO DE OLEO

  • Responder
    Everton Veber
    16 de fevereiro de 2011 at 3:06 pm

    Ju, obrigado por ter avisado. Mas ao mesmo tempo te peço desculpas por ter dado errado.
    Espero que agora possa dar certo, e que voltes com boas notícias. 😀

    • Responder
      Ju
      16 de fevereiro de 2011 at 3:57 pm

      Imagina… não tens que pedir desculpas.
      Também estou bolando um blog de culinária… em breve podemos trocar figurinhas!
      Pode deixar que assim que der certo eu aviso!!!
      Abraço!

  • Responder
    Daniela
    22 de fevereiro de 2011 at 11:55 am

    Mas essa receita é para guardar pendurada na geladeira!

    Nesse findi eu e alguns amigos queríamos comer maionese e ficamos nos olhando: NINGUÉM SABIA FAZER. Como não tinha mãe nenhuma por perto (uns barbados de quase trinta anos…) ficamos sem comer. 🙁

    Vou testar, e se acertar vou compartilhar com eles.

    Obrigada.

  • Responder
    carla
    26 de fevereiro de 2011 at 9:49 am

    o leite pode ser desnatado?

    • Responder
      Everton Veber
      26 de fevereiro de 2011 at 1:56 pm

      Olha, pra falar a verdade, eu nunca fiz com desnatado. Então não saberia te informar, infelizmente. Mas se fizeres, e der certo, retorne nos avisando.
      Obrigado.

  • Responder
    Paula
    3 de março de 2011 at 12:31 pm

    Eu sou apaixonada por maioneses caseiras, acostumei a comer as “fabricadas” mas não gosto muito. Minha mãe faz uma maravilhosa! haha
    Aqui em Floripa nunca cheguei a ir em algum lugar que tinha maionese caseira, mas em Blumenau em quase todos os estabelecimentos de lanche tem! O meu favorito sem dúvidas é o do Madrugadão Lanches, delícia :9

    • Responder
      Everton Veber
      3 de março de 2011 at 12:41 pm

      Em Floripa são poucos os lugares que tem.
      Recentemente estive em Blumenau e acho que comi nesse Madrugadão, a maionese é boa, e a carne era exageradamente grossa, tanto que veio um pouco mal passada em alguns pontos da carne.
      Quando fores novamente lá, faça um review e publique aqui 🙂

  • Responder
    Ricardo Oliveira Lima
    16 de março de 2011 at 7:57 pm

    pode por um dente de alho e manjericão?!

    • Responder
      Everton Veber
      16 de março de 2011 at 11:25 pm

      Sim, há maioneses com outros tantos ingredientes. Mas isso fica a critério.
      Com ambos fica muito bom.

  • Responder
    fabi
    16 de março de 2011 at 8:42 pm

    …”E o fato de utilizar óleo de girassol ou milho, é por não conter colesterol “….Nenhum óleo vegetal possui colesterol. O colesterol é um tipo de gordura (lipídio) de origem animal.

    • Responder
      Everton Veber
      16 de março de 2011 at 11:27 pm

      O que escrevi soou meio redundante, foi meio que uma forma de deixar as pessoas despreocupadas. Mas confesso que enquanto fazia o post não me veio isso a cabeça. De qualquer forma brigado pelo aviso.

      • Responder
        Wesley
        23 de julho de 2011 at 12:53 am

        Kra essa receita é incrível eu fiz e deu certo ah e eu coloquei azeite no lugar do óleo e ficou uma delícia eu garanto

  • Responder
    mariana
    16 de março de 2011 at 10:29 pm

    nossa, aqui no interior de sp esse molho existe desde que me conheço por gente, e tenho 25 anos, mas aqui a gente coloca um pouquinho de limão tbm, fica uma delicia!
    Sofro muito qdo saio daqui, não sei como há pessoas que conseguem viver sem esse molho no lanche, é outro sabor!!

    • Responder
      Everton Veber
      16 de março de 2011 at 11:29 pm

      Aqui em Floripa o comércio vem adotando a ideia aos poucos. Mas a maionese feita a base de oleo e ovo, muitos já usavam. Mas com os causos de salmonela o pessoal foi abolindo. Mesmo dizendo que essa maionese a base de leite não vá ovo, o pessoal fica com receio.
      Depois que tu se acostuma com essa iguaria, não consegue mais viver sem, e ainda faz vista grossa ao estabelecimento que não oferece…

  • Responder
    thiago
    16 de março de 2011 at 10:30 pm

    “E o fato de utilizar óleo de girassol ou milho, é por não conter colesterol…”
    Não existe colesterol em nenhum produto de origem vegetal.

  • Responder
    Lino Fidelis
    17 de março de 2011 at 12:09 am

    Após o leite, conforme vc for adicionando o azeite acrescente uma ou duas colheres de sopa de mostarda amarela, de preferência pela marca hemmer, garanto que fica muito melhor. Teste assim e me responda.

    • Responder
      Everton Veber
      17 de março de 2011 at 12:22 am

      Hemmer é A mostarda, tanto amarela quanto escura. Mas você diz aquela mostarda que vem no vidro ou de tubo mesmo?

      • Responder
        Lino Fidelis
        19 de março de 2011 at 12:47 am

        de tubo mesmo,

  • Responder
    GABRIEL E DARICE
    22 de abril de 2011 at 10:12 pm

    BOA NOITE A TODOS.
    FIZEMOS ESSA MAIONESE COM LEITE DESNATADO E FICOU MUITO BOA, ATÉ ACRESCENTAMOS UMA PITADA DE ALHO.
    FICOU MUITO BOA MESMO.
    OBRIGADO PELA RECEITA, ESTÁVAMOS A MUITO TEMPO PROCURANDO POR ESTA MAIONESE.

    • Responder
      Everton Veber
      22 de abril de 2011 at 11:35 pm

      Que bom que deu certo. E a dica de leite desnatado e com alho é sempre válida.
      Eu ja provei várias que tinham alho, mas fiquei com receio quanto a quantidade de alho.
      Obrigado pelo feedback e volte sempre! 😀

  • Responder
    Gabriella Paes
    28 de maio de 2011 at 11:59 am

    Achei ótima a ideia da Maionese mais eu não consegui, fiz exatamente como escrito e ficou líquido :/

  • Responder
    CLEUSA- MS
    9 de julho de 2011 at 12:25 pm

    MUITO, MUITO BOA!!! PARABENS E OBRIGADA

  • Responder
    Elaine
    16 de julho de 2011 at 12:45 pm

    Eu ja fiz a maionese de leite e ficou uma delicia, mas desta vez não sei o que aconteceu de não vira maionese fica uma água já foi 1 litro de óleo para 1 copo de leite e nada, o que deu errado.

  • Responder
    Josiane
    24 de julho de 2011 at 8:16 pm

    ESta receita é maravilhosa, sou do Sul, mas sempre faço, porém, ponho muito alho e tempero verde.
    Abraços

  • Responder
    Anderson
    4 de agosto de 2011 at 11:20 pm

    Tipo essa maionese é feita sem o ovo? porque se for eu vo tentar faze-la

  • Responder
    isabella
    17 de setembro de 2011 at 10:49 am

    ameiiiiiiiii….
    fiz em um churrasco,todo mundo adorou.
    obrigada pela receita everton!!!

  • Responder
    Melissa
    12 de outubro de 2011 at 4:45 pm

    O óleo de soja, assim como os outros óleos de origem vegetal não possui colesterol. O colesterol é uma molécula presente em gorduras de origem animal.

  • Responder
    YHON
    16 de outubro de 2011 at 4:08 am

    experimentem colocar uns 4 dentes de alho, fica melhor ainda

  • Responder
    Tatiana
    2 de novembro de 2011 at 9:21 pm

    Virou uma água verde.

  • Responder
    dora
    17 de novembro de 2011 at 5:58 pm

    é sem ovo mesmo?????

  • Responder
    juninho
    3 de dezembro de 2011 at 6:36 pm

    fiz com leite, oleo, cebolinha, cheiro verde, ovo, e 3 dentes de alho, e sal, pimenta do reino, fico bom pra caramba leve, e com sabor.

  • Responder
    Nani
    13 de dezembro de 2011 at 6:53 pm

    Olá,

    Sempre quis fazer estas maioneses caseiras que comemos em lanchonete. Tem uma aqui em Joinville que é uma delícia, mas que jamais achei que poderia conseguir fazer, pois não tinha a receita.

    Então resolvi testar…Testei primeiro a com ovo. Muito gostosa.

    Então achei este blog e vi a sem ovo…testei e o resultado foi maravilhoso!!!!!!!! Esta maionese dá de 10 a O na que leva ovo, mais suave e saudável no meu ponto de vista.

    Ahh e detalhe…o mesmo gostinho da bendita lanchonete.

    Obrigada pela receita. SUPER APROVADA!

  • Responder
    Carlos Thomaz
    27 de fevereiro de 2012 at 6:55 pm

    Qual leite é utilizado? Aguardo

    • Responder
      Daniel Becher
      27 de fevereiro de 2012 at 11:03 pm

      Aquele branco, que tiram da teta da vaca.

      • Responder
        Carlos Thomaz
        2 de março de 2012 at 6:18 pm

        Aquele Branco que tiram da teta da vaca??
        Então Daniel acredito que seja o o Tipo “A” pelo fato de ser ordenhado mecanicamente, pasteurizado e embalado na fazenda !!!
        Mas você não respondeu se posso utilizar, como citado na receita como Leite, o Pasteurizado ( A B C ) ou os UHT bem conhecidos como Longa Vida e seus variantes.

        Pela sua foto vc deve manjar de leite, bebeu muito, e poderá me ajudar com mais clareza !!! pois quero fazer este molho !!!

        Aguardo resposta da Minha duvida.

        • Responder
          Paula
          21 de julho de 2012 at 3:37 pm

          Leite integral, e como foi testado também pode ser leite desnatado se for essa a sua pergunta amigo,

          abraços

      • Responder
        gaiss
        26 de agosto de 2016 at 10:09 pm

        ficou exelente….leite estava gelado temperei com oregano e alho bati bastante depoid fui acrescentando oleo aos poucos ……ficou encorpadissima..

  • Responder
    Mara
    11 de abril de 2012 at 7:24 pm

    Que espetaculo de receita! Fui colocando o oleo de milho aos poucos e com o liquidificador batendo devagar e chegou no ponto com metade do oleo. Precisei misturar o sal com a colher (rs). Valeu, muito muito obrigada pela receita!

  • Responder
    Maria
    7 de julho de 2012 at 9:43 am

    Obrigada por partilhar a receita, eu sempre comia em lanchonetes, mas nunca descobria a receita. Depois que vi a sua, achei outras adaptações e ficou ótima. Do jeito que você fez, adicionei 1 colher de mostarda e 2 colheres (sopa) de suco de limão. Ficou durinha com 250 ml de óleo.
    Eu só gostaria que você fizesse mais uma correção na sua receita. Quando li 1 litro de óleo, eu assustei! Depois vi em outros sites que não leva isso tudo e animei. É claro que a quantidade de óleo varia de acordo com a marca, mas coloque assim: óleo até ficar consistente (em média 250 ml a 300 ml, podendo variar), assim não assusta “o freguês”, e adicone o sumo de limão (2 colheres sopa).
    Também misturei um pouco de azeite de oliva no óleo e ficou perfeita!
    Valeu!

  • Responder
    samanta
    11 de julho de 2012 at 3:17 pm

    ola …nossa essa receita eh muito prática e da certo.obrigado
    ha muito tempo venho tentando fazer e agora com essa receita deu certo e lembrando nem precisa ser 1 litro de oleo .bem econômica e deliciosa.parabêns!

  • Responder
    tyago
    2 de agosto de 2012 at 8:34 pm

    não cometam o erro de colocar outro tipo de óleo
    coloquei óleo de oliva ..ficou simplesmente horrível heheheh

  • Responder
    flippespirros
    30 de agosto de 2012 at 10:27 pm

    olá. boa noite.essa é a primeira vez que entro em um side,de receitas para maionese.mas eu gosto de aprender muitas coisas.copiei aqui algumas receitas,sobre o assunto citado achei muito bacana e interessante. agradeço desde já,pois,é para uma amiga. gracie.

  • Responder
    Jorge Silva
    2 de outubro de 2012 at 4:30 pm

    eu apaixonado por essa verdinha, tanto é, que tive que vir a procura e aprender como fazer, só uma curiosidade, eu achei que ia alho na receita, ou é a gosto?

  • Responder
    antonio martins
    18 de outubro de 2012 at 11:37 am

    convido a todos amantes da maionese verde de leite a esperimentar a do toninho lanche rua das bergamotas,59 lotiamento madri palhoça, ai sim vamos comentar a verdadeira maionese verde de leite…

  • Responder
    Fran
    1 de novembro de 2012 at 3:32 pm

    é 1 litro de óleo mesmo????

    • Responder
      Everton Veber
      2 de novembro de 2012 at 5:40 pm

      Tenha 1 litro em mãos. Vai adicionando conforme achar o ponto/textura ideal 😉

  • Responder
    lucas
    3 de novembro de 2012 at 1:10 pm

    so uma pergunta,ele ganha consistencia no liquidificador oq quando vai pra geladeira?

    • Responder
      Everton Veber
      7 de novembro de 2012 at 11:53 am

      Quando vai para a geladeira ela fica mais “encorpada”.

  • Responder
    Sarah
    16 de novembro de 2012 at 8:49 pm

    Olha, fiquei com medo de errar, com tanta gente dizendo que ficou líquida, mas seguindo a receita bem certinho como vc explicou ficou uma beleza!!! Parabés, só que rende muito! Para uns 10 sanduíches!!! Da próxima vez vou fazer com 1/4 de copo hehehe assim posso usar sempre tudo na mesma vez. Ah também vou fazer com óleo de milho ou canola, pq soja deixa um gosto muito forte. Tá na milha lista de preferidos!!!

  • Responder
    Lucas Indrusiak
    21 de março de 2013 at 1:10 pm

    Cara… vc é minha alma-gêmea gastronômica. No homo… maionese verde é sagrada, digo isso há anos.

  • Responder
    Rafael
    12 de junho de 2013 at 7:23 pm

    Meu bruxo! Obrigado, essa semana ainda vou provar, obrigado meu amigo

  • Responder
    Guilherme
    18 de julho de 2013 at 8:34 pm

    Vale ressaltar que usando oleo de girassol fugimos da soja transgenica presente em todos os oleos de soja.
    Ainda nao chegaram a resultados conclusivos quanto aos alimentos transgenicos e a saude humana, mas já liberaram a venda (sem instruir o publico do possivel perigo), até que se comprove alguma coisa eu prefiro ficar os alimentos não-transgenicos.

  • Responder
    Anderson
    20 de julho de 2013 at 11:34 pm

    Até que enfim consegui fazer essa maionese kkkk..obrigado pela receita.

  • Responder
    Natalia
    3 de março de 2015 at 9:53 pm

    A minha ficou líquida, parece que os ingredientes não misturaram. O que faço?

  • Responder
    fabiana
    28 de abril de 2015 at 1:21 pm

    Fiz,mas ficou liquida demais,usei óleo comum de cozinha,será q foi isso,quanto mais óleo eu colocava mais líquido ficava

  • Responder
    fabiana
    28 de abril de 2015 at 1:25 pm

    Aonde moro só conheço um lugar que faz essa maionese espetacular, mas não fica muito próximo da minha casa,sempre que posso ir lá trago um estoque para casa.Já até pedi a receita,mas não quizeram me dar,acho que ficaram com medo de que eu abrisse uma concorrência kkkk

  • Responder
    Ciliane
    29 de abril de 2015 at 9:31 pm

    Fiz e só perdi tempo e ingredientes, gastei luz.. Ficou uma água.. segui exatamente a receita. Me ferrei. Estraguei nosso jantar.

  • Responder
    fabiana
    30 de abril de 2015 at 12:49 pm

    Gente!voltei para comentar,como sou brasileira,eu não desisto nunca,e resolvi tentar mais uma vez.Segui o conselho do amigo Daniel,e fui colocando o óleo aos poucos até dar o ponto,e deu super certo,ficou da textura que eu queria,bem grossinho,muito obrigada.Agora não precisarei ir tão longe para come-lo.

  • Responder
    francisco
    20 de março de 2016 at 2:10 pm

    Oi,fiz maionese,conforme receita,ficoz uma delicia…

  • Responder
    Larissa Schoend Hitler
    10 de julho de 2016 at 9:01 am

    maionese caseira verde começou com a vinda dos imigrantes alemães em Blumenau e Camboriu, que criaram métodos alternativos para fazer sua maionese

  • Comente