Divino Gastro Club, diversão e gastronomia num único lugar

Dizem que errar uma vez é humano mas mugir é bovino. Errei quando não fiz um post sobre o Café da Corte no saudoso casarão do Centro Histórico de São José que outrora foi palco de grandes acontecimentos históricos na pacata cidade da região metropolitana da capital dos catarinenses. Talvez fosse o post que eu mais tivesse coisas pra falar, assunto que muito me interessa, dos idos de 1830 e o pau comendo no Rio Grande do Sul com a Revolução Farroupilha, que respingara de certa forma nesta casa.

Mas de tanta coisa que eu tinha pra falar, nada disse, e o passado o tempo o Café da Corte deixou de ser da corte e foi pro centro da cidade. Pra mim perdeu o charme, num ímpeto de “birra”, embora ainda seja um bom café, dizem alguns.

Mugi que nem boi velho ao também não fazer um post do Pão por Deus, uma casa que no inverno abria com um saboroso buffet de sopas que muitas vezes me regalei nas noites frias josefenses e fui dormir com o estômago quentinho de tanto amor numa inesgotável fonte de comfort-food que lá serviam. Passando lá na semana passada, um aviso na porta dizia que neste inverno não iriam abrir.

divino-gastro-club-entrada

Ainda meio consternado, fazendo meia volta e procurando onde jantar, uma casa bem iluminada onde ficava o Bar e Cine York, chamou atenção. Trata-se do Divino Gastro Club, que abriu as portas no dia 12 de junho e já têm uma frequência bastante considerável para uma casa nova. Pudera, a experiência tende a ser muito boa lá dentro.

Isso porque o Divino Gastro Club não é só um simples restaurante. Ele junta o piso inferior onde tem um restaurante com um cardápio variadíssimo e que viaja nas diversas gastronomias do mundo com uma área superior isolada acusticamente onde apresentam-se DJs, bandas locais e promete, na fanpage do Facebook, trazer até shows nacionais.

Mas a noite era só da gastronomia, e foi ela que experimentei. Vamos aos fatos!

O cardápio do Divino Gastro Club, como disse, é variado. Oferece cafés, doces, sanduíches, crepes, entradas, petiscos, pratos à base de peixes, aves, carnes, risotos, massas, saladas e — ufa! — sobremesas. Eles não são grandes especialistas em nenhum desses pratos, todos eles são bons, come-se bem, mas nenhum prato te deixa encantado. Era de se esperar pelo tamanho do cardápio e a proposta da casa.

divino-gastro-club-bolinho-aipim-carne-seca-recheio

De entrada pedi Bolinho de Aipim com Carne Seca R$25,15. É um bolinho com uma massa gostosa e suave, porém faltou recheio. Precisei “pescar” os fiapos de carne seca dentro dele. Dessa forma creio que acabou saindo muito caro pra uma entrada. Acompanhou um molho que ajudou no sabor.

divino-gastro-club-lula-dore

A Michele pediu a Lula a Dorê (R$25,25). Borrachuda, frita demais, parecia um torresmo. Aliás, eu comi como torresmo, eu gosto de torresmo.

Risoto de Bacalhau

Risoto de Bacalhau

No prato principal, fui no risotto. Pedi o Risoto de Bacalhau (R$34,85), composto de arroz arbóreo, bacalhau, azeitonas pretas, manteiga, vinho branco, cebola, alho, queijo parmesão e ervas. Estava bem gostoso e pelo menos tinha bacalhau.

Espeguete Carbonara

Espeguete Carbonara

A Michele, que comeu um Espaguete à Carbonara (R$25,50), achou risoto meio salgado. Talvez não tivessem dessalgado o bacalhau o suficiente, eu achei que talvez justificasse o excesso de azeitonas pretas. Mas achei gostoso. Experimentei o espaguete e também gostei.

Apfelstrudel

Apfelstrudel

Como sobremesa, encerrei a refeição com um Apfelstrudel R$17,85, o famoso strudel de maçã servido com uma bola de sorvete de creme. Não foi o melhor dos Strudel que já comi, mas cumpriu o seu papel.

A casa é muito bem decorada, tem um ambiente bastante agradável e intimista, e o atendimento é bem eficiente. A todo momento vê-se garçons passando e recebendo os pedidos, e resolvendo os problemas que porventura aparecem.

Preciso voltar lá, talvez dentro de um mês ou dois, pra conferir se os pequenos erros que reparei não foram só coisas pontuais de quem abre um novo negócio.

E pelo conjunto da obra, é claro, recomendo a visita!

Divino Gastro Club

  • Rua Gaspar Neves, 3150. São José, SC.
  • Telefone: (48) 3249-9000
  • Horário: diariamente a partir das 11h
  • Aceita cartões: sim
Compartilhe no Facebook

Autor:Daniel Becher

Catarinense de nascimento, gaúcho de coração. Aprendiz de churrasqueiro e entusiasta das culinárias regionais.

Subscribe

Assine os feeds, receba por e-mail e nos acompanhe no Twitter e Facebook!

7 Responses to “Divino Gastro Club, diversão e gastronomia num único lugar”

  1. Rodrigo Coelho
    28 de junho de 2013 at 10:55 am #

    Só para esclarecer, o Divino é novo no endereço, mas é uma casa bastante tradicional em São José. Antes funcionava em um espaço bem menor em Campinas.

  2. 28 de junho de 2013 at 11:56 am #

    Tu não me diz que o Pão por Deus não irá abrir!!! Já estava agendando uma visita para ele!!!!!!

  3. Ramila
    5 de julho de 2013 at 10:36 am #

    Adorei o … comi como torresmo. Eu gosto de torresmo!!!… meu deus, o torresmo não vem do mar, ou será que vem?
    Bjs o post tá ótimo!!!

  4. Daniella
    8 de agosto de 2013 at 8:31 am #

    Então vc recomenda ir no Divino Gastro Club? Penso em ir no fim de semana…
    E fiquei bem triste que o Pão por Deus não abrirá este inverno, acredita que todo ano me programo e nunca vou?! Justo esse ano que iria nem que fosse sozinha não irá abrir…snif snif

  5. cris
    27 de setembro de 2013 at 2:47 pm #

    nossa..depois dessa..nem vou tentar..saudades do Bar Cine York..esse sim era bom….tinha um provolone a milanesa igual ao dos anos 90…bom demais…mas, Floripa é a terra do “já foi”…hehe

  6. geraldo
    29 de setembro de 2013 at 6:34 pm #

    ontem dia 28 de setembro de 20013, eu e minha namorada fomos jantar no divino, nao foi a experiencia mais maravilhosa, ela comeu um risoto de tomate seco que esava com o arroz cru. e eu pedi um atum com crosta de gergelim, que mais parecia cozido e enrolado com gergelim. Nao gostamos do barulho da musica muito alta, e a comida estava muito aml preparada. O lugar é bonito, mas a comida deixa muito a desejar.

Faça um comentário