Hamburguer Caseiro – Como fazer?

Como meu post anterior foi relacionado ao McDonald’s e, claro, diretamente a hambúrguer, pensei: Por que não fazer o próximo post explicando como fazer um belo hambúrguer caseiro?
O Daniel já comentou em seu post inaugural sobre algumas andanças que seriam feitas e que, após a apreciação de tal serviço, estaria aqui pra passar o feedback. Pois bem, resolvi quebrar o protocolo no início e ser vitima de mim mesmo.

Toda pessoa que gosta de um bom hambúrguer às vezes sente falta de algo a mais, independente da lanchonete. Às vezes é o hambúrguer que não é bem temperado, ou é pequeno, um queijo meio ruim, um tomate muito maduro, um pão muito velho, etc. Certamente muitos já tiveram vontade de fazer seu próprio hambúrguer, mas não sabia como fazê-lo, ou então por preguiça resolve não fazer. Então, após algumas experiências arriscando em fazê-lo até tentar agradar algumas pessoas (minha namorada principalmente), resolvi compartilhar a experiência, e claro, a receita.

Pra fazer tal iguaria é muito simples. Você vai precisar dos seguintes ingredientes;

- 1,5kg de acém moído (ou algum corte de sua preferência)
– 1 ovo
– Cheiro verde (cebolinha verde e salsinha), Alho e Sal. Tudo à seu gosto
– 1/2 pacote de sopa de cebola
– 2 colheres de sopa de Shoyu (lembrando que Shoyu tem sal)

Tendo estes ingrediente você já pode fazer o hambúrguer. Vamos aos passos;

- Coloque a carne em um recipiente grande. Em seguida coloque o ovo e misture.
– Adicione o Shoyu e continue misturando.
– Adicione os temperos, alho, sal e cheiro verde.
– Misture…
– Comece a despejar o PÓ da sopa de cebola, ele ajuda a dar gosto e também consistência.
– Misture e deixe ‘descansar’ um pouco.

Após misturar os ingredientes e deixar a carne ‘descansar’ é hora de modelar seu hambúrguer. Aí fica a critério de cada um o tamanho. Como medida eu costumo usar uma peneira. Tanto pra circunferência, quanto pra altura.
Com essas medidas eu consegui fazer 12 hamburgers do tamanho iguais a estes:

Feito o hambúrguer, é só colocar pra assar, fritar, dourar. Eu costumo fazer em um grill antiaderente, sem a necessidade de óleo.

Bom, ninguém come um Xis sem pão e os adicionais. De preferência eu faço com;

- Pão de hambúrguer, obviamente. E feito no dia.
– Alface americana.
– Tomate, de preferência maduros.
– Queijo, de preferência os processados e fatiados.
– E maionese caseira.

A maionese eu mesmo faço. Aquela mesmo, a verdinha. Mas essa fica pro próximo post.

O resultado final sou meio suspeito a falar, mas quem provou achou ótimo.

Até mais!

Compartilhe no Facebook

Tags: , , , , ,

Autor:Everton Veber

Gosto de comer bem, independente do prato e local. Pra mim, toda hora é hora de um bom hamburguer.

Subscribe

Assine os feeds, receba por e-mail e nos acompanhe no Twitter e Facebook!

9 Responses to “Hamburguer Caseiro – Como fazer?”

  1. Christian
    15 de fevereiro de 2011 at 1:30 pm #

    Bah! nenhum gringo vai colocar ovo no seu hamburger! 3 ingedientes para um hamburger: carne, sal, pimenta. no máximo umas gotinhas de molho ingles.

    • Marco Mammoli
      9 de março de 2011 at 10:58 pm #

      Seu argumento tem total fundamento, mas concordo parcialmente com vc, o próprio Jamie Oliver usa ovo no seu hamburguer caseiro.

  2. 7 de março de 2011 at 11:37 pm #

    Sabe aquela história de o anunciado não ser como na foto?
    Me lembrei na hora ao ver a sua foto e comparar com a postada no Ocioso.com…

    Bom post,
    nunca tinha pensado em usar sopa de cebola… testarei…
    Coloque a maionese… estou aguardando…
    Até!

  3. 20 de outubro de 2011 at 4:00 pm #

    Já experimentou assar o hambúrguer na churrasqueira com carvão? Fica de outro mundo.

    • 20 de outubro de 2011 at 4:41 pm #

      Nunca tentei, Rodrigo.

      Vou tentar e ver como fica.
      No RS tem uma rede de fast-food que se chama “Pampa Burger” (vale a googlada), e eles assam o hamburguer também. Tenho uma vontade absurda de entregar naquele lugar e pedir um “Macanudo”.

      Floripa precisa de lugares assim, mas ta difícil…

      Eles trabalham em sistema de franquia, quem sabe um dia algum gaucho nao se interesse e o traga pra ca? :P

Faça um comentário