Por que Angus é uma carne tão especial?

Você provavelmente ouviu falar de Angus nos últimos dois ou três meses. Isso porque o nome dessa raça bovina tem sido muito divulgado pela mídia, principalmente pelo fato de que recentemente a rede de fast food McDonalds firmou parceria com a ABA, Associação Brasileira de Angus, onde o selo de qualidade da carne vai estampado em dois lanches do restaurante.

Angus, Touro mocho e emo!

Angus, Touro mocho e emo!

Por que Angus é a melhor carne?

Não é a toa que a raça obtém os melhores prêmios do setor em diversas partes do mundo. Ela atende exigências de mercados como o europeu, por exemplo, por ser de altíssima qualidade. Um dos motivos é porque a camada de gordura contida nas carnes de Angus é considerada perfeita, nem fina nem grossa e ainda é marmorizada, ou seja, ela é entremeada na musculatura do animal o que acaba deixando a carne mais magra com o mesmo sabor da carne mais gorda, sem necessariamente consumir tanta gordura.

A carne é muito macia.

Mas não é só isso…

A efeverscência de mercado agradece muito às características produtivas da raça. O Angus é de origem escocesa e vem sendo estudado e modificado geneticamente desde 1800. Para o pecuarista é importante não só que o boi alcance a pesagem ideal pra corte o mais rápido possível, o que a espécie Aberdeen Angus consegue, mas também que gere matrizes férteis e que tenham grande capacidade de reprodução, com menor número de perdas. Além disso é o parto bovino mais facilitado, a recuperação da fêmea é mais rápida o que acelera mais ainda o ciclo produtivo.

O Angus ainda tem uma grande resistência a enfermidades além de se adequar facilmente a condições climáticas, conseguir sobreviver em locais secos ou alagados, altos ou baixos, as fêmeas continuarem amamentando com eficácia mesmo em regiões onde o pasto está mais escasso justamente pelo motivo que faz a carne ser gostosa: a gordura marmorizada, uma reserva de energia.

Desvantagem?

A única desvantagem, do ponto de vista do consumidor, é que é uma carne um pouco mais cara. Apesar de ter seu custo minimizado pela facilidade de procriação, tem todo um processo com elevado grau de profissionalização e tecnologia para produzí-la.

Para complementar o post trago um mapa das carnes do Angus. Clique nele para ampliar.

Mapa do Angus

Mapa do Angus

 

Já comeu Angus? Curtiu?

Compartilhe no Facebook

Tags: , , , , ,

Autor:Daniel Becher

Catarinense de nascimento, gaúcho de coração. Aprendiz de churrasqueiro e entusiasta das culinárias regionais.

Subscribe

Assine os feeds, receba por e-mail e nos acompanhe no Twitter e Facebook!

24 Responses to “Por que Angus é uma carne tão especial?”

  1. 6 de janeiro de 2012 at 11:45 am #

    Comi ontem no McDonalds, serve? hahaha
    No lanche era muito bom mesmo, na carne pretendo provar um dia :)

  2. 6 de janeiro de 2012 at 12:46 pm #

    Não comi ainda o do McDonalds, pensei que estivesse restrito apenas à SP.
    Mas como vi outdoor pela cidade, creio que está em todas as lanchonetes.

    Imagina uma costela desse bixo, heim? Deozolivre!

  3. Maria de Fátima da Cruz
    18 de agosto de 2012 at 7:17 pm #

    Boa tarde!!!
    Comi hoje à tarde, no McDonalds. Não gostei do sabor da carne. Não indico e não penso em comer novamente.
    Gradecida…

  4. Ronan
    23 de agosto de 2012 at 2:44 pm #

    Maqui Donaudis?????????????????
    Quem disse que tem carne nos sandwiches deles?
    Se quer comer uma carne de angus verdadeira gaste um pouco mais.
    Vá em um restaurante que o sirva com qualidade.
    Depois comente, fale ou critique.
    Afinal maqui donaudis nunca foi nem será comida.
    Att

    • naja
      29 de novembro de 2012 at 11:05 pm #

      até q em fim, concordo!!!

  5. Fabre
    8 de setembro de 2012 at 11:32 pm #

    É lamentável que um produto de qualidade, como a carne Angus, seja servida em restaurantes que modificam suas características.
    Att.

  6. Neto Knoxville
    5 de novembro de 2012 at 10:02 pm #

    Acabei de provar uma picanha da raça Angus,realmente a diferença é inacreditável,se sente a diferença até na gordura….recomendo

  7. O comilão
    7 de novembro de 2012 at 9:34 am #

    O ANGU É BÃO MESMO !

  8. O comilão
    7 de novembro de 2012 at 9:36 am #

    Só que no Chrome não tá ampliando a imagem do mapa…

  9. jairo guedes sierra
    9 de maio de 2013 at 10:34 am #

    maria então come ovo essa carne é maravilhosa

  10. Fernando
    17 de julho de 2013 at 6:38 pm #

    O animal da foto não é da raça Angus, é da raça Highland.
    No caso dos Hamburgers do Mc Donalds são todos feitos da parte dianteira (carne de baixa qualidade) dos Angus, essa estória de picanha é tudo mentira!
    Todas as raças de origem Britânicas são igualmente saborosas e macias!
    Te convido a provar a carne Hereford (raça de origem inglesa) que por sinal é a mais criada no Uruguai e junto com o angus é a mais criada na Argentina, países famosos pela qualidade da sua carne.
    Sou pecuarista e criador de Hereford aqui no RS, caso queira mais informações estou à disposição!
    Abraço!
    Fernando Cavalcanti

    • jose roberto
      20 de julho de 2013 at 7:15 pm #

      o mano manda umas informações sobre o angus, eu trabalho em um açougue, ja estamos vendendo angus, gostaria de saber um pouco mais sobre ela.

  11. Wilson
    19 de outubro de 2013 at 2:33 pm #

    Não tem nada de especial. Uma carne comum.
    Ainda prefiro a velha e boa picanha!

    • 20 de outubro de 2013 at 8:02 pm #

      Oi Wilson. Angus é uma raça de boi, não um corte de carne :) Abraço!

    • Cristiano
      14 de abril de 2014 at 6:07 pm #

      Wilson, sinto muito lhe informar, se você não sentiu diferença de carne, te enganaram, tente comer outra vez em outro lugar, abç…

  12. 6 de dezembro de 2013 at 9:45 am #

    Tenho alguns bezerros e bezerras do cruzamento de touro Aberdeen Angus x vacas nelore da linhagem ” BITELO da SS”, posso afirmar que existe diferença quanto ao crescimento e ganho de peso em favor do cruzamento.

    Sendo só para o momemto,

    Grato Aparecido Correa
    FAZENDA SANTA FILOMENA
    ITURAMA -MG-

  13. josemeire
    9 de dezembro de 2013 at 12:39 pm #

    Wilson, a picanha é uma peça de qualquer raça de bovino! seja ele nelore, angus ou kobe. Não existe a raça picaha ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  14. Mara
    17 de dezembro de 2013 at 5:13 pm #

    Eu estou “BOI ANDUS” kkkkkkkkkkkkk

  15. Dario Rolim
    6 de março de 2014 at 9:12 pm #

    realmente, esqueçam o MacDonalds, querem saborear algo diferente, experimentem um Bife de Aberdeen Angus, vocês descobriram um abismo entre a carne comum dos açougues e esta carne desta raça em especifico, isso porque é uma carne onde a gordura é “marmorizada”, ou seja, esta entremeada no meio da carne, e isso dá a ela um sabor e uma maciez única, única da raça!!!!!!!! Vale a pena experimentar, principalmente se você aprecia uma boa carne!

  16. Henrique
    15 de março de 2014 at 1:18 am #

    Tive o prazer de saborear o conta file do angus, confesso ser um gde apreciador de carnes e nunca vi tamanha maciez …valeu a pena!!!

  17. J
    13 de abril de 2014 at 11:21 pm #

    Felizmente pra mim meu vô tem criação de angus, é realmente muito boaa

  18. Osvaldo
    14 de maio de 2014 at 7:54 pm #

    Se tiverem oportunidade experimentem o corte “quadrado” que equivale ao colchão duro do gado nacional. Tem uma leve camada de gordura o que deixa a carne saborosa e super macia.
    Vale a pena experimentar

  19. Rafael
    9 de junho de 2014 at 8:08 pm #

    Maria só pra constar o fast dois em questão não serve para analisar o sabor nem a textura da carne. O valido mesmo é comer da carne da raça.

  20. jeferson
    12 de julho de 2014 at 4:11 am #

    A carne é muito saborosa to esperiementando varios cortes da carne mais o seu alto custo inibe ainda o consumo a picannha aqui no interior de SP chega a R$ 110, 00 maminha R$45, 00 mas para um bom apreciador de carne como eu não resisti e comprei……

Faça um comentário