Pizza/ Review

Artesano Pizza Bar e a saga das pizzarias

Compartilhar experiências gastronômicas em blog é um tanto complicado. Alguns cismam em te chamar de crítico, outros te acham mero oportunista, tantos acham desnecessário e poucos realmente gostam. Depois que a rede social de fotos gourmetizadas se popularizou, surgiram novos foodies – onde eu também estou inserido, diga-se de passagem – alterando um pouco a forma como as pessoas consomem esse tipo de conteúdo: poucas fotos e texto breve. O mal do século não é o estresse, é a falta de leitura. O difícil não é lidar com a realidade da estatística, mas sim com o fato de estar nela.

Eu divago, é verdade. Portanto, antes que esse post vire um muro de lamentações e aparentes reclamações, volto ao ponto que queria chegar: não é fácil falar de pizza em Florianópolis.

Imagino que esse produto secular tenha se adaptado ao longo dos anos. Das primeiras misturas de farinha e água pelos fenícios até a primeira margherita criada, muita coisa aconteceu. Das expedições espanholas (que ajudaram na disseminação da pizza) aos dias de hoje, incontáveis sabores foram criados para agradar os mais diversos paladares e culturas.

Em Florianópolis parece ter havido um aulão inaugural dos pizzaiolos, onde todos eles aprenderam as mesmas massas e preparos. Poucos ousam em fazer massas com fermentação natural ou algo que se assemelhe às regras de uma verdadeira massa de pizza napolitana, por exemplo. Portanto, são poucos os detalhes que uma pizzaria se diferencia de outra em nossa cidade.

ARTESANO_PIZZA_BAR_03

Numa noite fria e chuvosa de domingo, fomos em busca de uma pizzaria diferente e encontramos a Artesano, uma das mais tradicionais da cidade. O ambiente é rústico, simples, sem firulas e com luz baixa, o que acaba prejudicando as fotos.

ARTESANO_PIZZA_BAR_02

O cardápio não é muito extenso, o que é bom, torna mais fácil o trabalho da escolha. Há algumas opções de entradas e dois tamanho de pizzas. De início pedimos um crostini, que estava crocante e bem tostado nas pontas. Porção generosa para duas pessoas. Estavam boas, afinal, não há muito segredo.

ARTESANO_PIZZA_BAR_04

Pedimos uma pizza grande. Metade margherita com tomates italianos e mussarela de búfala e a outra parte de calabresa.

ARTESANO_PIZZA_BAR_01

A pizza veio com as bordas bem aeradas, mas não tão tostadas. A massa é bem fininha e cobertura bem dosada. Senti falta de molho de tomate. Mas no geral era uma pizza equilibrada e com insumos de boa qualidade.

ARTESANO_PIZZA_BAR_05

Dificilmente saímos da nossa zona de conforto de sabores. Mas é porque também ajuda a criar nosso parâmetro (que ainda é pouco).

Arriscamos uma sobremesa. Fomos num brownie com sorvete.

ARTESANO_PIZZA_BAR_06

Ele estava seco, talvez a fornada nesse dia não tenha sido boa para os bolos. Uma pena, já que a calda e o sorvete estavam bons.

Se eu recomendaria a Artesano? Lógico, afinal, as unidades estão bem localizadas, tem um bom atendimento e preço, não nos geraram qualquer irritação ou insatisfação. Para quem gosta, tem uma programação musical bem interessante. Lá no site deles tem muitas informações, inclusive cardápio com preços.

Voltaremos lá para conhecer outros sabores. Mas antes disso, continuaremos nossa saga em busca de diferentes pizzarias.

Artesano Pizza Bar

  • Endereço: Rodovia Amaro Antônio Vieira, 2400, Itacorubi, Florianópolis – SC.
  • Aceita cartões
  • Estacionamento: Sim

You Might Also Like

1 Comentário

  • Responder
    Marina Gaikoski
    26 de agosto de 2016 at 8:40 am

    Ótima pizzaria, adoro! Recomendo a pizza de presunto parma, com um toque de geleia de figo. Muito boa! Para a sobremesa, fica a dica da pizza doce de morango com chocolate! 😉
    Além disso, ótimo atendimento e ambiente aconchegante!

  • Comente