Hamburguer/ Review

Blend Gourmet e seu perfume de Bacon

A falta de parâmetro é um prato cheio para a gourmetização. E por mais que façamos esforços para contornar isso, a impressão que se tem é que não há disparidade entre novos estabelecimentos em nossa região, principalmente quando o assunto é hamburgueria. Parece existir uma receita básica de introdução ao mercado, o que torna esse prazeroso trabalho, o de escrever sobre, um pouco monótono. É como se eu precisasse seguir um script sobre os novos pão-com-burger da cidade.

BLEND-GOURMET-10

Mas eu preciso flertar com o otimismo e ver com outros olhos uma nova casa que tenta arriscar. O ambiente é bonito – visivelmente planejado para parecer sofisticado – e aconchegante, quase impecável. Não é demérito querer ser sofisticado, mas não é algo que eu consiga relacionar com o produto final.

BLEND-GOURMET-02

A casa dispõe de um bar para os mais sedentos que harmonizam seu etílico com hambúrguer. Eu dispenso. Porém, como era meu aniversário, precisei dar uns goles para não fazer desfeita com o presente ofertado da casa aos aniversariantes.

BLEND-GOURMET-01

Uma caipirinha que, ao meu parco conhecimento, estava boa. Mas os demais presentes à mesa também puderam provar e compartilhar de minha opinião.

BLEND-GOURMET-04

Com um atendimento bem cordial e eficaz, entendemos um pouco do cardápio.

BLEND-GOURMET-03

Além das diversas opções de bebidas e drinks, a casa oferece ainda saladas, entradas, sobremesas e um enxuto menu de burgers. Ao total são 7 opções, incluindo a versão vegetariana e kids.

De início, pedimos uma porção de Mini Pastéis de Linguiça Blumenau (R$22).

BLEND-GOURMET-05

As 18 unidades dos pastéis vieram sequinhas. E nada de estocar vento, todos eles estavam bem recheados. Pura linguiça, nada de firulas. Muito saboroso.

Ao pedir os sanduíches, alguns procedimentos que já conhecemos: escolha do burger, do acompanhamento (batata doce frita, batata rústica, batata frita e onion ring) e do molho (Do Chef, Golf, barbecue, mostarda, natural e pimenta).

Ao perguntar para o garçom do que se trata o molho Golf (uma base de maionese com toque de conhaque), ficamos curiosos, porém sem deixar de desejar os demais. Com isso, ele resolveu nos oferecer uma amostra de cada.

BLEND-GOURMET-06

Todos os molhos são muito bons. O Golf, realmente, é bom, porém não tinha muito gosto de conhaque. A maionese é muito saborosa, bem consistente e nem um pouco rançosa. O molho barbecue tem um gosto amadeirado. O de pimenta, que muito se assemelha a uma geleia, é adocicado e picante. Quanto aos molhos, a casa está bem guarnecida.

O saudoso Nico Nicolaiewsky, em seu Música de Camelô, brincava com o fato dos artistas colocarem seu próprio nome em letras de músicas (Gustavo Lima e você!), nesse caso, as hamburguerias incorporaram bem isso e, quase que uma obrigatoriedade, na Blend não seria diferente.

O The Blend, segundo o próprio cardápio, é um fantástico blend bovino com perfume de bacon (!!!!) servido no pão ciabatta com mozarela, cebola caramelizada no shoyo, tomate caqui e alface (R$28).

Para deixar mais claro, blend nada mais é que a mistura de carnes que resultam no hambúrguer. E o perfume de bacon, ou Óinc de Parfum, como diria meu amigo Daniel, é o acréscimo de pedaços do defumado à massa de carne. Ao ser questionado, o garçom se enrolou um pouco na explicação. Realmente, ficou confuso até para eles.

BLEND-GOURMET-07

Samantha foi de Blend com fritas. O tal blend é saboroso, mas sem muitos rastros do sabor do bacon.

Aliás, vale ressaltar a tremenda heresia da casa: é possível ter perfume de bacon, porém não há a possibilidade de adicioná-lo em tiras aos burger.

A mesa ainda pediu o Blumenau: blend de suíno no pão australiano com provolone, cebola, tomate e alface (R$29).

BLEND-GOURMET-09

Fui de Cordeiro: hambúrguer de cordeiro no pão brioche, queijo gruyére, cebola, tomate e alface (R$34).

BLEND-GOURMET-08

Em terra de Rosetta, quem tem brioche é rei. Há de se valorizar. Pão bem saboroso e fofinho, hambúrguer bastante suculento e no ponto, além de saboroso. O Kit Gourmet, brotos e lâmina de tomate cereja, é dispensável.

Vale ressaltar a surpresa muito positiva pela batata doce frita, pois não é muito presente na dieta Ogra, somente nas Fit. Elas estavam saborosas e bem sequinhas. Poderia ser hábito das demais hamburguerias.

Como abriu recentemente, creio que a casa poderia rever esse conceito de perfume de bacon e adotar o ingrediente como as demais utilizam. Se souber preparar, como no caso do MEATS, será um diferencial extremamente positivo, ao invés de ser apenas mais um enfeite de penteadeira. A localização é privilegiada, o ambiente é aconchegante, atendimento cordial e boa comida. Há muito potencial para ser uma das melhores da região. Isso se o estigma da gourmetização não afetá-los.

Blend Gourmet

  • Endereço: Rua Desembargador Arno Hoeschl, 279, Centro, Florianópolis – SC.
  • Telefone: (48) 3307-7119
  • Aceita cartões: Sim
  • Estacionamento: Não

You Might Also Like

2 Comentários

  • Responder
    Samantha
    16 de outubro de 2015 at 7:18 am

    Subscrevo o manifesto por tiras de bacon no hambúrguer. =D
    #partiumanifestação

  • Responder
    Isadora
    4 de março de 2016 at 9:55 am

    Oferecem opção sem glútem??

  • Comente