Estados Unidos/ Italiana/ Orlando/ Review

Olive Garden: o italiano mais famoso de Orlando

Se você estiver planejando uma viagem à Orlando, verá que o Olive Garden é quase uma unanimidade nos roteiros. Numa breve tentativa de fugir dos fast food, a rede americana de comida italiana figura como uma das queridas dos brasileiros.

Temos uma forte ligação com restaurantes, Carlos Alberto Dória relaciona isso ao fato de que nele podemos estabelecer vínculos.
Penso também que a comida italiana, para muitos, está atrelada à memória afetiva de se comer uma massa aos finais de semana. Uma espécie de confort food.

Não sei como explicar, mas fomos fisgados pelas diversas recomendações e tentamos a sorte. Como estávamos chegando ao ápice do esgotamento físico, pensamos em aliar afetividade e comodidade para suprir algumas necessidades.

A objetividade dos atendentes nos restaurantes americanos é surpreendente, pois eles direcionam os clientes às mesas com os cardápios em mãos, acomoda-os retirando o pedido da bebida e, ao entregá-las na volta, já espera saber os demais itens solicitados. Para eles, tempo realmente é dinheiro. Ocupação de mesa e assento são métricas fundamentais no faturamento de uma grande rede.

OLIVE_GARDEN_KISSIMMEE_01

Por óbvio, analisamos o cardápio com calma. Ele é muito extenso e há uma variedade muito grande de pratos. E pode ser visto na íntegra na próprio site.

Ao folhear o cardápio, meus olhos bateram de imediato na porção de almôndegas (italian cheese stuffed meatballs).

OLIVE_GARDEN_KISSIMMEE_04

Recheadas com queijo, ainda são cobertas por mozzarella, provolone e parmesan, além de um molho marinara.

OLIVE_GARDEN_KISSIMMEE_06

Elas não são muito grandes, acompanha pouco molho e muito pão, o que não faz sentido. Estavam sem graça.

A parte interessante é que esse prato foi desenvolvido por um participante do MasterChef Junior americano.

Em seguida, com nosso inglês de carcamanos, pedimos outra entrada. Dessa vez, escolhemos algo semelhante a um camarão à milanesa com um molho de limão siciliano (classic shrimp scampi fritta).

OLIVE_GARDEN_KISSIMMEE_03

A apresentação, convenhamos, não estava bonita, o molho parecia um escarro. Mas o camarão estava crocante, não estava borrachudo e o molho tinha um certo frescor. Porém, bastante salgado.

Ao pedir o prato principal, recebemos uma enorme porção de salada. Um mix bem generoso de folhas acompanhadas de diversos itens.

OLIVE_GARDEN_KISSIMMEE_05

Assim como também recebemos uma porção de pães.

OLIVE_GARDEN_KISSIMMEE_07

A salada era muito bem servida, fresca e saborosa. Os pães eram sem graça e estavam frios. Quase sem entender ao certo o motivo pelo qual eles estavam à mesa, percebemos um mero detalhe numa das bolachas:

OLIVE_GARDEN_KISSIMMEE_02

Ou seja, poderíamos ter passado o resto da noite forrando o bucho com salada.

Fomos além e pedimos um dos pratos mais pedidos do restaurante: o Tour of Italy.

OLIVE_GARDEN_KISSIMMEE_09

Guarnecido com um pedaço de lasanha, porção de fettuccine Alfredo e um frango à parmigiana, o prato tenta resgatar três dos maiores clássicos italianos.

Como a apresentação realmente não é o ponto forte do local, nos resta concentrarmos os esforços no sabor. Por mais que seja uma rede de fast food, o molho da lasanha era encorpado e saboroso, o molho alfredo não estava dos melhores, assim como a massa, mas a parmegiana estava deliciosa. Provavelmente eu encontro tour melhor aqui mesmo em Florianópolis.

Não sei se um italiano de verdade se sente bem representado ou em casa ao ir no Olive Garden. Há um esforço para tal. Mas para se ter certeza, seria necessário degustar muito mais dos outros pratos. Torço para que haja outros pratos saborosos, os quais não tive oportunidade de provar.

Se você estiver em grande grupo, é uma experiência que vale a pena, pois o compartilhamento dos pratos torna-se interessante. Nesse caso, toda essa comilança alimentou super bem duas pessoas.

Outro fator interessante é que eles dispõe de uma espécie de tablet com quiz para entreter os clientes enquanto o pedido não chega.

OLIVE_GARDEN_KISSIMMEE_08

Sem saber que era pago, utilizamos por alguns instantes. Mas foi divertido.

Vale ressaltar também que é possível beber água da torneira sem custo por isso. Até pedimos uma, mas com certeza você não vai conseguir dar mais de um gole nesse líquido fétido (você perceberá que a água da torneira tem o mesmo cheiro que os tanques dos parques).

Nossa conta fechou em U$48 (já com as bebidas e gorjetas) e voltamos para o hotel debatendo e tentando entender porque ele é quase uma unanimidade entre os brasileiros.

Olive Garden

  • Endereço: 5021 West Irlo Bronson Hwy, Kissimmee, Flórida – Estados Unidos
  • (407) 396-1680
  • Estacionamento: Sim

You Might Also Like

Nenhum comentário

Comente