Italiana/ Massas/ Review

Tratto Restaurante e Rotisseria: massas de qualidade no Itacorubi

Desde a descoberta do já extinto Verona Mia (infelizmente, por motivos de saúde do chef Franco, o restaurante precisou ser fechado), nenhum restaurante me encantava pelo simples.

Mas isso, por sorte, foi passageiro e, desde a última semana, ainda estou salivando pela nova descoberta: o Tratto Restaurante & Rotisseria.

TRATO_RESTAURANTE_04

Localizado numa das áreas mais nobres do Itacorubi, o restaurante é pequeno e quase passa despercebido, porém sua beleza minimalista faz com que isso não aconteça.

Aberto há pouco mais de um mês, o restaurante vem preencher uma lacuna ainda em aberto de lugares que optam pelo simples, despidos de finésse.

TRATO_RESTAURANTE_01

Basicamente, o carro chefe da casa são as massas, mas também é possível encontrar alguns salgados, tortas e grelhados. Isso se deve ao fato que a casa funciona somente em horário comercial, de modo que esses itens possam agradar o comércio em seu entorno para um eventual encontro ou reunião de negócios.

TRATO_RESTAURANTE_02

Mas, além disso, a casa ainda oferece a oportunidade do cliente levar as massas – que são feitas artesanalmente – para casa e produzi-las em seu lar.

TRATO_RESTAURANTE_12

O ambiente, mesmo que restrito, é bem confortável, decorado e clean. Com um projeto especial de tipografia, o menu fica exposto na parede. Bem vintage.

TRATO_RESTAURANTE_13

Todos os dias um prato em especial elencará o Prato do Dia, onde o preço é tabelado juntamente com um acompanhamento (fritas ou salada). O prato do dia, como o nome já diz, varia constantemente, inclusive com opções que não estão no cardápio.

TRATO_RESTAURANTE_05

Mas como o enunciado já diz, outros pratos poderão ser escolhidos do menu.

Nele, você escolhe o tipo de massa, que vai desde ravióli integral ao fusili sem glúten.

TRATO_RESTAURANTE_03

Em seguida, é feito a escolha dos molhos que acompanharão a massa indicada. Algo que me chamou a atenção – o que é muito simples e importante – foi o fato de mencionarem quais molhos não vão glúten e lactose, assim como os veganos. Os intolerantes agradecem. Vários pontos ao Tratto nesse quesito.

Como o prato do dia era com almôndegas, não refutamos a ideia e de acompanhamento viera a salada.

TRATO_RESTAURANTE_06

A salada é composta por um mix de folhas, cenoura, morango, manga, carambola e acelga. É muito saborosa e leve, além de vir numa quantidade ideal.

TRATO_RESTAURANTE_08

Já o prato do dia, o Spaghetti al Sugo com Almôndegas Recheadas (R$23), além de ter uma apresentação bonita, é rico em sabor, o molho é bem encorpado, marcante e com aquele vermelho bem vibrante. A massa vem al dente, é bem saborosa e leve.

TRATO_RESTAURANTE_10

O recheio da almôndega é modesto, pois precisa estar de acordo com o tamanho da mesma para que ela não se desintegre ao cozinhar. Aliás, ela é bem temperadinha e macia.

O outro pedido foi um Fettuccine com Ragú de Linguiça Blumenau (R$21,00).

TRATO_RESTAURANTE_07

Parem as máquinas! Se você ainda não foi flechado à primeira vista pelo prato, espere só até dar a primeira garfada!

TRATO_RESTAURANTE_11

Estou sem palavras pra descrever esse molho, que provavelmente deve ter passado algumas horas no fogo para poder incorporar tão bem os ingredientes e os sabores. Assim como o spaghetti, o fettuccine também veio al dente e muito saboroso. E mesmo que o molho possa parecer pesado, após terminar a refeição a sensação, além de sacies, é a mais leve possível. Até porque, todas as massas em combinação com qualquer molho deveriam dar essa satisfação.

TRATO_RESTAURANTE_09

Além disso, e infelizmente não tivemos espaço para tudo isso, a casa oferece algumas opções de doces para a sobremesa, como, por exemplo, bolos, cheesecakes, profiterole,etc.

TRATO_RESTAURANTE_14

Apesar de a casa não abrir em horários noturnos (façamos uma corrente de fé para que isso seja possível), vale o esforço de você se deslocar até o Itacorubi para provar essa deliciosa novidade.

Pagamos, aproximadamente, R$ 28,00 por pessoa e saímos de lá com o buchinho muito cheio e feliz. Vá lá provar, vale muito a pena. Certeza que o Guia Michelin daria um selo bib gourmand (restaurantes com melhor custo-benefício) para eles.

Tratto Restaurante e Rotisseria

  • Endereço: Professor Ayrton Roberto de Oliveira, 64, Itacorubi, Florianópolis – SC.
  • Telefone: (48) 3365.6508
  • Estacionamento: não
  • Aceita cartões: sim
  • Horário de funcionamento: terça a sábado das 11h30 às 17h00

You Might Also Like

6 Comentários

  • Responder
    José Luiz
    9 de abril de 2015 at 11:11 am

    Eu sou vizinho da trattoria e bato o ponto lá, já tenho estoques do molho de linguiça blumenau! Tudo é muito bom, só esqueceu de falar sobre o bom atendimento que aqui em floripa é raro.

    • Responder
      Everton Veber
      9 de abril de 2015 at 11:13 am

      Olá, José.

      Realmente, ato falho eu não ter mencionado o atendimento. Todos são muito gentis, educados e conhecem bem o funcionamento da casa.
      Um lugar que funciona redondinho.
      Abraço!

  • Responder
    Tratto Restaurante
    9 de abril de 2015 at 8:41 pm

    Obrigada Comideria e Everton pela matéria tão bem escrita e detalhada do nosso pequeno restaurante! Ficamos felizes que tenham gostado! Nos esforçamos dia a dia para melhorar em tudo que for possível e possivelmente no segundo semestre começaremos a abrir a noite também! Atenciosamente!

    • Responder
      Everton Veber
      13 de abril de 2015 at 9:19 pm

      Obrigado, amigos.
      Os elogios são todos sinceros.
      Espero poder voltar em breve. Abraços!

  • Responder
    Ivan Jerônimo
    9 de abril de 2015 at 8:49 pm

    Oi, Everton.
    Sou meio suspeito para dar opinião (fui eu que fiz o lettering na parede), mas a cozinha deles é mesmo especial, isso sem falar no atendimento. O bom é que ficam abertos também no sábado, pra quem não trabalha perto, como é meu caso, é uma boa chance de ir lá.
    Semana passada publiquei um vídeo mostrando o trabalho da decoração da parede-menu do Tratto: https://www.youtube.com/watch?v=divvUzH6YsY
    Abraço!

  • Comente