Japonesa/ Review

Sushitec: do céu ao inferno em 4 meses

Em setembro do ano passado estive no Sushitec. Era um restaurante que tinha um conceito novo: comida japonesa e tecnologia. Comida japonesa era baseada em sushis, sashimis, temakis e alguns pratos diferentes como o polvo frito crocante, que experimentei na ocasião e era uma delícia. Tecnologia porque os pedidos são todos feitos por tablet. Não estava no clima de fazer review e era uma pré-abertura, ou seja, a casa não estava aberta para o público. Não, não fui convidado pra ir lá comer. A notícia da sua iminente inauguração chegou até mim e eu resolvi bater na porta. Explicaram e deixaram entrar.

sushitec-cardapio-tablet

O tempo passou e resolvi ir lá na incessante busca para conhecer as melhores casas de sushi da cidade. Mal sabia que estava por cometer um dos maiores erros gastronômicos desde a abertura deste blog que está às vésperas de completar seus 3 anos de idade.

O atendimento foi perfeito, os pedidos por tablet funcionaram satisfatoriamente (um ou outro erro pontual), gentileza na recepção e tudo o mais. Mas a comida é muito ruim.

A despeito das iguarias que experimentei naquele fatídico setembro primaveril recebi uma comida péssima, intragável, fortemente desconfortável como o verão que nos assola este ano.

Vou economizar palavras e no final eu concluo, e nas próximas linhas colocarei algumas fotos que os farão pensar.

sushitec-ceviche

Isto é um ceviche. Ou o que eles acham que é um ceviche. Gosto ruim, ora doce ora amargo, com um molho estranho e pastoso.

sushitec-espetinho-legumes-shitae

Isto é um “Espetinho de Legumes com Shitake”, ou o que eles imaginam que isso seja. Numa versão minha eu diria que é “Um espetinho de couve-flor e brócolis com duas farpas de shitake perdidas no meio, sem sal e tempero”.

sushitec-sushi-sashimi

O sushi não estava tão mal apresentado mas era ruim. O arroz avinagrado, digno de quem acabou de sair de um cursinho de sushi.

sushitec-espetinho-robata-frango

Isto é um espetinho (robata) de frango, ou o que eles acham que é um espetinho. Tempero forte, parece industrializado e mal apresentado. Parece que bateu de frente a 160km/h numa rodovia federal com uma carreta Mercedes Benz 1313 carregada com vergalhão GG 50 da Gerdau.

sushitec-yakisoba

Isto é um yakissoba, ou o que eles acham que é um yakisoba. Esse caldo deve ter sobrado na Wok em que foi preparado e veio parar no meu bowl, só pode. Era uma sopa com macarrão e legumes grosseiramente picados dentro, com raros pedaços de frango ou carne.

sushitec-shimeji-chapa

Tentei dar uma chance à cozinha em ficar mais um pouco e, finalmente, matar a fome, pedindo um Shimeji na Chapa. E isto, segundo eles, é o Shimeji na Chapa. Estava muito além do ponto, levemente queimado, terrivelmente seco, com sal em exagero, intragável. Além de feio, muito feio.

Eu tenho duas sugestões:

1) aos leitores: não percam seu tempo nem seu dinheiro.

2) ao restaurante: por favor, fechem. Comecem de novo. Voltem àquele setembro em que comi maravilhosamente bem e não façam com que as pessoas percam R$130 (casal) à toa.\

ATUALIZAÇÃO (30/01/2014): há uma placa afixada na parede atrás do caixa onde avisa que o cliente que pedir comida e não consumir deverá pagar uma taxa por peça desperdiçada. Não me foi cobrada nenhuma taxa por ter deixado aquela comida horrível na mesa, mas registre-se que esta é uma taxa ilegal e você pode se recusar a pagá-la, caso passe por esta situação.

Sushitec

  • Endereço: Rua Fúlvio Aducci, 1229. Estreito, Florianópolis.
  • Telefone: (48) 3206-7882
  • Estacionamento: sim
  • Aceita cartões: sim

You Might Also Like

76 Comentários

  • Responder
    Fabricio Escandiuzzi
    29 de janeiro de 2014 at 9:35 am

    Oi Daniel…
    É isso mesmo. Temos que comentar os “acidentes gastronômicos” que presenciamos por aqui.. Tudo isso para ver se o serviço e a oferta melhoram..
    Parabéns pelo Blog…

    • Responder
      Daniel Becher
      29 de janeiro de 2014 at 10:11 am

      Eu raramente publico quando o restaurante não merece uma crítica positiva. Mas acidentes assim precisam mesmo ser comentados, meu caro. Obrigado! 🙂

  • Responder
    Bruno
    29 de janeiro de 2014 at 9:39 am

    Barbaridade. Quase que fui lá na semana passada. Estava pensando em ir essa semana, mas acho que depois dessas fotos mudei de ideia. Abraços.

  • Responder
    Monica
    29 de janeiro de 2014 at 9:44 am

    Eu tava querendo muito conhecer o Sushitec, e em breve iria. Mas depois deste post, nem pensar em gastar meu dinheiro lá.

  • Responder
    Elizabeth pinheiro
    29 de janeiro de 2014 at 9:50 am

    Olha. Nao sei como tu ainda ficou la depois daquele ceviche. Cara total de comida guardada há tempos. Eca. Nunca que vou num lugar desse. Tks pelo aviso. Ah, sim, até eu faço um yakisoba pelo menos mais bonito que esse. Kk

    • Responder
      Daniel Becher
      29 de janeiro de 2014 at 10:10 am

      Sabe o efeito do sapo na panela? Pois é. No fundo a gente acha que se continuar pedindo (era rodízio, o preço já estava pago) ele vai melhorar a qualquer momento. Ledo engano. Mas blogueiro de gastronomia tem dessas, faz parte do jogo 🙂

  • Responder
    Jane
    29 de janeiro de 2014 at 10:16 am

    Que pena! Estive lá no inicio de dezembro e degustei um ceviche maravilhoso. O sashimi e os pratos quentes tinham qualidade. Fiquei muito bem impressionada. Mas as fotos que postasse em nada se parecem com a excelente refeição que tive no local. Por que é v tão difícil manter a qualidade?

    • Responder
      Daniel Becher
      29 de janeiro de 2014 at 10:21 am

      Preço, Jane. Querem atender muita gente com preço relativamente baixo, acontece isso. Além, é claro, de contratar qualquer um pra cozinha com salários baixos.

  • Responder
    Rodrigo
    29 de janeiro de 2014 at 10:19 am

    Blz Daniel, aproveito seu post para fazer um outro comentário…
    Acredito que quando se entra neste ramo apenas por uma questão de negócio e não por gosto, acontecem essas coisas.
    Aprecio a culinaria Japonesa e sempre fico de rstaurante em restaurante para saber o que tem de bom, costumo usar o “melhor de 3”, vou 3 vezes no mesmo restaurante, se em 2 está ao meu gosto, vou mais vezes.
    O kiriwoto (também no estreito) eu tive de ir 4 vezes! em 3 estava péssimo… hoje, eles apredenderam como funciona e sou um cliente assíduo.

    • Responder
      Daniel Becher
      29 de janeiro de 2014 at 10:22 am

      Verdade, Rodrigo. Como sempre tento conhecer todas as casas (e hoje posso dizer que conheço quase todas) fica difícil fazer a melhor de 3, mas voltomais vezes naquelas que impressionaram positivamente, como o caso do Jun, Sushic, Feng Shui etc.

  • Responder
    Marcos
    29 de janeiro de 2014 at 10:43 am

    Impressionante! Exceção feita ao sushi, o resto todo parecia um lixo. O que é esse espetinho?! E o Shimeji na chapa? Tem vômito que é mais bonito!

  • Responder
    Erick Schmidt
    29 de janeiro de 2014 at 11:19 am

    Olá Daniel, nunca mais irei ao Sushitec, estive lá com minha namorada e mais 3 casais, muitos pedidos errados, demora no atendimento, e pra finalizar nos serviram salmão estragado. E o gerente na maior cara de pau, ainda discutiu dizendo que estava perfeito, sendo que o cheiro não era nada agradável no nariz de 8 pessoas presentes na mesa.

  • Responder
    Hiram
    29 de janeiro de 2014 at 12:46 pm

    Fui mal atendido ao ponto de dizerem “ta lotado, não pode nem entrar”. E mal abriram a porta, me atenderam como se estivesse pedindo esmola. Nunca mais volto lá.

  • Responder
    Edi
    29 de janeiro de 2014 at 1:17 pm

    Só que eu tenho a dizer que o espetinho não é de legumes pois legumes é tudo que vem de vagem ou seja feijão, soja
    brocolis não é legume

  • Responder
    Mariana
    29 de janeiro de 2014 at 1:22 pm

    Tive três experiencias no sushic e apenas a primeira foi relativamente boa. A ultima foi a gota d’agua, totalmente desastrosa e resumida em um Sushi Djow de salmão estragado! Sim, um cheiro de estragado, insuportável. E um gerente que quando o cliente reclama, ao invés de recolher o pedido e se desculpar, bate boca com o cliente, dando a entender que o mesmo não entende nada de peixes (mesmo sendo filha e neta de pescadores) e dizendo que trabalha a 20 anos no ramo e tem certeza que o peixe está fresco (mesmo sendo visivel que não estava)… A coragem de comer na minha frente ele não teve. Saiu com as peças, e alguns minutos depois voltou dizendo que havia comido as mesmas na cozinha e estavam ótimas!! Juro que torci para que ele tivesse uma bela dor de barriga!!
    Nunca mais volto lá… e falo isso pra todos os meus amigos!!

  • Responder
    Renan Rios
    29 de janeiro de 2014 at 1:38 pm

    Concordo que eles caíram muito em todos os quesitos, já fui la 7 vezes, as 3 primeiras ótimas, e depois foi só caindo. Um vez fui la, e eles trocaram o cream cheese por NATA, na msma hora reclamei como garçom e ele me disse que era novo fornecedor, ai chamei o gerente, e ele falou que não tinha novo fornecedor, e foi ver o caso, no final ele falou que eles se “enganaram” com a NATA, mas eu já estava no final do Rodizio e nem desconto ganhei. E sem contar que o atendimento está péssimo, ou eles mudam ou vai virar pó.

  • Responder
    Karla Lopes
    29 de janeiro de 2014 at 1:38 pm

    Já tive a infelicidade de ir nesse Sushitec e ‘desrecomendo’ à todos que cogitam ir jantar lá! O atendimento é pessimo, a internet cai a cada 10 minutos atrasando o serviço, tudo demora… tenho raiva só de me lembrar!

  • Responder
    Jorge
    29 de janeiro de 2014 at 1:52 pm

    Olá,

    Assustadora essas fotos! Eu e minha namorada também já passamos por situações parecidas na tentativa de conhecer novos lugares, a pior delas com certeza foi no Yukusue. Atualmente frequentamos poucos locais, dentre eles: jun, Feng Shui (já relatados em seu blog) e Japinha (recomendamos para todos esse local, muito bom! segue link da página do mesmo: https://www.facebook.com/sushibarjapinha).

    Economizaremos nosso tempo e dinheiro não indo no Sushitec! Obrigado.

    • Responder
      Daniel Becher
      29 de janeiro de 2014 at 1:55 pm

      Oi Jorge, acho que então estamos alinhados no bom gosto. O Yukusue estive lá uma vez só, o suficiente também pra nunca mais voltar. Como falei, raramente faço posts falando dos restaurantes ruins que visito, só quando são grandes desastres. Do Yukusue também falei: http://comideria.com/yukusue-rodizio-de-sushi-barato-e-ruim/

      Vou ver se consigo ir nesse Japinha, já ouvi falar bem dele! 🙂 Abraço!

  • Responder
    Mariella
    29 de janeiro de 2014 at 3:17 pm

    Ótimo post, Daniel!
    Fui duas vezes lá! Na primeira, em Dezembro, os pratos ainda estavam bem servidos e o atendimento foi ótimo. Quando voltei no início neste mês,já foi bem diferente! Os pratos até não estavam tãaaao ruins quanto os das fotos, mas o pior foi o atendimento! Demorado, erraram vários pedidos, fora a cara dos garçons, que pareciam estar dormindo em pé!!
    Já não havia ficado com uma boa impressão e depois do seu post, com certeza não voltarei mais lá! Uma pena! Parecia ter tudo para dar certo!!

  • Responder
    Thaianna Cardoso
    29 de janeiro de 2014 at 3:23 pm

    Simples e gostoso… RECOMENDO O KOTAKA!!!

  • Responder
    Samanta
    29 de janeiro de 2014 at 4:21 pm

    Oi Daniel, não me assusta em nada essa sua postagem. Fui apenas uma vez no Sushitec, tive de esperar 1 hora para ir à mesa e depois quase 1hora e 30 minutos para começar a receber meus pedidos e os pedidos só começaram a chegar à mesa depois de 3 reclamações! antes disso nenhuma justificativa foi dada e o atendimento foi péssimo! O que os garçons e a “dona” “gerente” ,ou seja lá o que ela for, disseram em tom de reclamação foi que fizemos pedidos demais e a cozinha não daria conta. Mas eu entendi certo? Como um restaurante de sushi que oferece um serviço de rodízio onde os clientes pedem por um tablet não suportam os pedidos feitos? então não ofereçam este serviço! Metade dos pedidos não vieram, foram perdidos pelo sistema; outra falha, pois se oferecem um serviço utilizando a internet e esta está fora do ar… peguem o papel e caneta! Agora deixar seus clientes sem receber o pedido, não dar explicações e ainda acharem que estão com a razão?! é um pouquinho demais!! Em relação à degustação da comida, pedimos temaki de skin e todos vieram queimados, o skin é feito com a pele do salmão e está deve ser grelhada na chapa, mas parece que esqueceram dentro de uma fogueira!!! o resto da comida estava apresentável e com um sabor agradável. Mas pelo atendimento horrível que recebi este se torna o pior restaurante de sushi que já fui!! não recomendo!!
    OBS: Estive no mesmo no final de novembro.

  • Responder
    Incentivador
    29 de janeiro de 2014 at 4:25 pm

    Amigo, você conhece o Rekamaki no Rio Tavares? Peça qualquer prato e me diga o que acha.

  • Responder
    Felipe
    29 de janeiro de 2014 at 4:37 pm

    Fui em um domingo ao Sushitec, cheguei perto das 21:30 e fui informado que só teria mesa perto das 23:00. Decidi esperar, já que a vontade de comer sushi era maior que o sono. Logo que cheguei a mesa me avisaram que eu não poderia pedir peças de polvo e peixe branco, pois as mesmas tinham acabado. O atendimento foi bem meia boca, o gerente totalmente grosso, e as peças demoravam muito para chegar. Não recomendo para ninguém.

  • Responder
    Roberta
    29 de janeiro de 2014 at 5:32 pm

    Oi Daniel, fico triste pelo que aconteceu contigo mas ao mesmo tempo feliz que a informação chegará aos olhos de muitas pessoas, evitando que mais pessoas tenham essa experiência.

    Não sei o que anda acontecendo com os restaurantes de comida japonesa da cidade, mas tive uma experiência semelhante recentemente no Rekamaki, que frequentava há mais de um ano. Comida japonesa tende mais à qualidade do que à quantidade, mas o pessoal acha que com a quantidade resolve. Aí parecemos ursos aonde o que servirem está ok!

    Adoraria ter mais Black Sheeps e menos deste tipo.

    • Responder
      Daniel Becher
      29 de janeiro de 2014 at 6:06 pm

      É, a coisa tá feia :/

    • Responder
      Renato
      9 de fevereiro de 2014 at 6:43 pm

      Olá Roberta, tomo a liberdade de escrever à você, para saber o que houve, quando da sua visita ao Rekamaki, para que possamos sanar e aperfeiçoar nossos serviços. Elogios são sempre bem vindos e nos impulsionam cada vez mais, e as Críticas sempre nos fazem crescer, e uma frequentadora como você tem muito à nos acrescentar. Entre em contato conosco, através do facebook e/ou do nosso e-mail rekamakisushibar@hotmail.com. Abs

  • Responder
    Shauanny
    29 de janeiro de 2014 at 5:33 pm

    Conheci o Sushitec faz mais ou menos uns 2 meses, por indicação. Achando que iria ser o melhor experimento da minha vida, fiquei completamente decepcionada com o restaurante. Vários peixes estavam em falta, além de camarão e polvo, ou seja, não tinha praticamente nada.

    No quesito tecnologia, muitos pedidos foram dados como entregue e não haviam sido. Fiquei na fila de espera em torno de 1h para me decepcionar o suficiente para não voltar lá.

    Uma pena, era uma empresa que realmente podia dar certo.

  • Responder
    Rafael
    29 de janeiro de 2014 at 8:35 pm

    Daniel ja passei por experiências muito semelhantes no yukusue e no kiwioto, qualidade terrível e atendimento péssimo.
    Sou um cliente que gosto de sempre de experiementar novas opções, mas depois que eu conheci a Jun Temakeria em coqueiros, não tenho palavras para explicar a qualidade deste lugar. Começando pelo cardápio lindo e com uma variedade diferente de todos os outros lugares, atendimento de primeiro!! Posso recomendar para todos os seus leitores do blog quem não conhece a Jun não sabe o que é sushi de primeira!!!

    • Responder
      Daniel Becher
      29 de janeiro de 2014 at 9:41 pm

      A Jun nunca tive erro, já fui lá umas quantas vezes! É um forte candidado para os melhores da cidade! 🙂

  • Responder
    Tay
    29 de janeiro de 2014 at 10:08 pm

    Bom saber! Fui lá algumas vezes ano passado, nao cheguei a pegar essa decadência, mas fiquei muito decepcionada da ultima vez q fui até lá. Chegamos por volta das 23:20, nao da pra exigir todos os tipos de peixe esse horário, mas ele nem se quer nos deixaram entrar, disseram q faltava pouco tempo pra cozinha fechar, absurdo, pois ate o horário de fechamento da cozinha o restaurante tem que permanecer com as portas abertas, e os clientes q ja estão consumindo devem continuar sendo muito bem atendidos. Daqui a pouco vai ter garçom pedindo pro cliente se levantar e ir embora. Afffff, ainda recebem 10% da conta. Se quisessem mesmo trabalhar permaneciam ate 00:00, afinal depois desse horário, o cliente tem que pagar 15%.

    • Responder
      Lucas
      30 de janeiro de 2014 at 10:02 am

      Fomos lá final do ano passado também, e além dos pedidos que tinham sido feitos não chegarem nunca, apesar de estarem marcados no tablet como entregues, fecharam a cozinha e não entregaram várias coisas. Algumas porções que pedimos estavam vergonhosas.

  • Responder
    Mariana
    29 de janeiro de 2014 at 10:21 pm

    Daniel,
    Fiquei curiosa para conhecer o Jun. Mas caso você não tenha ido no Nipô, na SC-40!, recomendo. Altíssima qualidade e ótimo atendimento.
    No momento sou gestante e esta é praticamente a única temakeria que confio no quisito higiene.

    • Responder
      Daniel Becher
      29 de janeiro de 2014 at 11:03 pm

      Oi Mariana, boa noite! Eu conheço o Nipô, a comida é bem boazinha! 🙂

  • Responder
    Jorge
    29 de janeiro de 2014 at 11:44 pm

    Muito bom saber desses locais que “roubam” nosso tempo e dinheiro! Ia conhecer o sushitec mas não vou mais… Obrigada pelo post! Vi que você comentou do Nipô, na minha opinião o melhor sushi da cidade! tempero do arroz impecável! Eu que tenho descendencia japonesa sei reconhecer! E os peixes sempre muito frescos! Temos que valorizar esse tipo de lugar que parece trabalhar serio e detonar mesmo esses sushitec’s que existem por aí!!

  • Responder
    Carlos
    30 de janeiro de 2014 at 12:00 am

    Já foi no Yaah da rua Koesa no Kobrasol? Bem bom lá, vale a pena…

  • Responder
    Isabela
    30 de janeiro de 2014 at 9:03 am

    Pelo visto, ainda bem que quando fui, não comi.
    Estava com mesas vazias e mesmo assim pediram que esperássemos uma hora para sentar. Que não tinha gente o suficiente para atender a todos.
    Decidimos não esperar e fomos em outro. Parece que tomei uma boa decisão. Iria ficar extremamente frustrada em esperar tanto para comer tão mal.

  • Responder
    Maria Isabel
    30 de janeiro de 2014 at 9:47 am

    Concordo com tudo que você escreveu. Eu e meu noivo, quando da abertura da casa, íamos jantar quase que duas vezes por semana, sempre levando amigos para conhecerem. Em meados de dezembro fomos com mais 3 casais, ou seja, 8 pessoas, e ao final do jantar, com a comida já horrorosa, sobraram 4 peças de sushi, que, frisa-se, sequer tínhamos pedido. Quando pedimos a conta o garçom se dirigiu até nós e informou que o desperdício iria ser cobrado (2 reais por peça). Fiquei incrédula e pedi para chamarem o gerente. Quando este veio até mim informou que não me preocupasse, pois estaria me fazendo o favor de retirar os R$ 8,00 da minha conta. Eu gastava quase que R$ 300,00 por semana e eles me fizeram um favor? Depois desse dia nunca mais voltei. Falta de respeito e comida horrível.

  • Responder
    Osvaldo dos Anjos
    30 de janeiro de 2014 at 11:14 am

    Eu já fui e nunca mais irei neste lugar, tudo que o Daniel disse é isso e algumas outras mais, mas ficamos por aqui, agora é só divulgar o suchi do K…

  • Responder
    Felipe
    30 de janeiro de 2014 at 12:12 pm

    Fui semana passada no Miyoshi da BEIRA MAR, é uma verdadeira piada! Recomendo o KOTAKA!

  • Responder
    Katerine
    30 de janeiro de 2014 at 1:30 pm

    Prezado Daniel, nós antes íamos mais lá… ocorre que também sofremos decepções… muito bom seu comentário… precisamos ser mais seletos… Parabéns

  • Responder
    Juliana
    30 de janeiro de 2014 at 2:39 pm

    Daniel, passei por uma experiência semelhante no Yukusue. Foi horrível!
    E naquela ocasião comentei com meu noivo que devíamos ter ido ao Sushitec, ia trocar seis por meia dúzia.
    Obrigada pela dica 🙂

  • Responder
    Phelipe
    30 de janeiro de 2014 at 3:12 pm

    Foi excelente na primeira visita.
    Comi sushi congelado naquela merda, carne gelada, 3x sem sashimi de polvo.
    Sushi lixo.

  • Responder
    Vini
    30 de janeiro de 2014 at 3:23 pm

    Não tive a infelicidade de comer nesse lugar, mas as fotos me assustaram. Recomendo o Kotaka Sushi. Os caras atendem muito bem e o temaki deles é sensacional.
    Parabéns pelo blog.

  • Responder
    Rafael
    30 de janeiro de 2014 at 3:30 pm

    Myoshi é triste, Felipe!
    You tá de brinqueichon! hahaha

    Fomos no Sushitec ontem.
    Diz a senhora que estava no caixa que o sistema foi todo programado por um garoto que deixou vários problemas e não quis resolver e tiveram que contratar outra empresa para refazer todo o sistema que será entregue em uns 15 dias.
    Bom, acho que vale tentar dar mais uma chance daqui uns 30 dias.

    Ontem a comida não estava ruim como as que você apresentou e o atendimento foi satisfatório. Foi uma experiência razoável mas, não repetível a não ser que mudanças ocorram.
    Achei a variedade fraca, o cardápio estava incompleto (nem aparecia o ceviche), o sistema está MUITO ruim e instável e, vale mais desligar os tablets e voltar ao bom e velho bloco enquanto o sistema não estabiliza. E pra mim, aquele molho tarê é uma piada!!!

    Torço para que melhorem mas, não pretendo voltar tão cedo (se um dia voltar).

    Meus preferidos (não conheço alguns que você citou) são Kikoni (Na Dom Jaime Câmara mas, está de mudança para a Rafael Bandeira) e Ronin (no Santa Monica).

  • Responder
    Paulo
    30 de janeiro de 2014 at 3:48 pm

    Já fui 5 vezes lá. A primeira no final do mês de novembro do ano passado e fiquei impressionado com a qualidade e o serviço. Sushis, sashimis e pratos quentes estavam ótimos! As outras 4 vezes porém foram trágicas. Uma pena. Concordo com o post.

  • Responder
    Níkolas Bottós
    30 de janeiro de 2014 at 3:48 pm

    Prezado Daniel,

    Primeiramente, parabéns pelo Blog. Resenha perfeita do que é o Sushitec. Péssimo atendimento (da gerência, não dos garçons) e comida de gosto, no mínimo, duvidoso. Estive lá há 2 semanas. Encontrei a porta fechada, a chave, as 21:30! Foi o primeiro sinal de que eu não deveria entrar. Não segui o conselho e decidi bater na porta. Alguns minutos depois, veio um gerente de salão que parecia ser gerente de feira, com roupa inapropriada para a função, avisar que não tinha mesa disponível, mas que poderia entrar. Agradeci a oportunidade de “poder entrar” no estabelecimento e, pacientemente, aguardei a minha chance de comer. Passados quase 50 minutos, verifiquei que algumas mesas grandes estavam vazias. Questionei o tal “gerente” se estavam reservadas e, se estavam, para qual horário. Para minha surpresa, ele afirmou: “Não estão reservadas, mas a gente separa para grupo de 10 pessoas!” MEU DEUS! Tinham 3 mesas de 10 pessoas reservadas! Ele esperava o que? Uma excursão faminta de sushi que pararia ali na frente? Talvez um ônibus quebraria ali. Sei lá. Questionei, ainda paciente, a possibilidade de, já passando das 22:20, ele ceder o espaço para nós, clientes, que estavamos ali aguardando a chance de poder comer. Acho que ele percebeu a “cagada” e começou a colocar as mesas livres à disposição. Esse fato da mesa foi o segundo sinal pra não ficar, e, tanso, desrespeitei. Sentei, achando que a comida melhoraria. Ledo engano. Quando algo está ruim, tende, sempre, a piorar. E piorou. Salmão rançoso. Polvo tão fresco que achei estar em Brasília, longe do mar, ao invés de Floripa. Aliás, nem em Brasília eu comi um sushi tão “velho” quanto esse. Péssimo lugar.

    Abs!

    • Responder
      Daniel Becher
      30 de janeiro de 2014 at 3:51 pm

      É verdade, Níkolas! Agora que falaste sobre a roupa do tal cara, lembrei que entrei e fui recepcionado por um Sr. que não tinha camiseta ou nada que o identificasse como funcionário. Fiquei na dúvida se perguntava algo ou se poderia se sentir ofendido e só tivesse feito a gentileza de abrir a porta. Enfim, tudo erro, TUDO. Como disse no post: fecha, demite todo mundo (inclusive os gerentes) e abre denovo.

  • Responder
    Maninho Venera
    30 de janeiro de 2014 at 6:16 pm

    Eu não sou fã de sushi, mas sei que comida japonesa exige cuidados especiais ainda mais se forem servidas semi cozidas ou cruas; o dono desse restaurante deve ta de zueira mesmo ou acha que só tem otários nesse país que aceita qualquer coisa, aí o estabelecimento vai a falência e não sabem o porquê.

  • Responder
    Eduardo Castro
    30 de janeiro de 2014 at 6:50 pm

    Boa dica!! Não irei. Mas acho difícil bater o pior sushi: Sushimaki do Kobrasol, que em 38 anos da minha vida também é o pior restaurante em geral que já fui. Comida velha, nojenta, peças grandes e sem gosto. Até o sorvete é ruim.

  • Responder
    Juliano
    30 de janeiro de 2014 at 8:38 pm

    Impressão minha ou aquele arroz do uramaki esta empapado?!?!? Não da pra ver “grãos de arroz” é liso…

  • Responder
    Pitz
    31 de janeiro de 2014 at 9:45 am

    Daniel, eu estava com vontade de ir conhecer esse restaurante! Mas foi uma ótima ter lido seus comentários…depois das fotos então, nem preciso falar nada né?! Recomendo a vc o Wa sushi aqui do Santa Mônica, ao lado do Shopping Itagaçu, é ótimo, eles atendem super bem e ainda tem o sistema de esteirinha… 😉

  • Responder
    Rodrigo
    31 de janeiro de 2014 at 11:30 am

    Fui conhecer o Sushitec na sexta feira passada por indicação de um amigo e achei espetacular. Todos os pratos que eu e minha mulher pedimos estava dentro do esperado. Todas as opções estavam do cardápio estavam disponíveis e a qualidade e a agilidade estavam impecáveis. Estava muito bom mesmo. O restaurante estava lotado, com fila de espera, e não percebi qualquer insatisfação de clientes. Fiquei muito surpreso com a péssima experiência do blog na casa. Muito diferente da minha. Eu pretendo voltar, já que achei um excelente custo benefício.

    Fora isso, tenho frequentando bastante o Jun Temakeria, em Coqueiros. A qualidade dos pratos é muito acima da média.

    Abraço
    Rodrigo

  • Responder
    Anna
    31 de janeiro de 2014 at 3:58 pm

    Olá…
    Concordo que devemos conhecer e saber sobre os diferentes tipos de gastronomia de nossa cidade. Porém não podemos julgar um restaurante por um dia apenas. Conheço o restaurante SUSHITEC e o pessoal que trabalha lá tb. Gosto muito da comida e do atendimento. Seu cardápio é bem variado e a qualidade é ótima, comparado com outros restaurantes muito mais caros que ja comi…é claro que ainda é um restaurante novo e passível de erros, pois tenta inovar tecnologicamente. Acho muito válida a crítica que tem o objetivo de alertar e fazer com que o lugar melhore. Cada um possui sua própria opinião e nem todos pensam igual. Nada é 100% perfeito, e nem os clientes estão em 100% bem todos os dias. Sinto muito mesmo que vc tenha tido essa experiencia. A minha com certeza não foi assim!!!

    • Responder
      Daniel Becher
      31 de janeiro de 2014 at 4:02 pm

      Entendo a defesa do restaurante, Anna, como tu citas, tu conheces eles. Mas é um argumento furado isso de “nada é 100% perfeito”. Não cobrei perfeição no post, não estamos falando de uma comida que passou perto de chegar à perfeição: estamos falando de uma lavagem que foi servida num restaurante que teoricamente possui profissionais servindo. E sobre “nem os clientes estão 100%” é furado também, ou eu posso alegar que não estou 100% perfeito e NÃO pagar a conta? Se tenho que pagar a conta 100%, eu tenho todo o direito de cobrar a comida 100% (eu recebi 0,2%, mas OK) sem esse clichê que acompanha a incompetência costumeira no ramo.

  • Responder
    Zé Martinelli
    31 de janeiro de 2014 at 6:18 pm

    Recomendo o Kanto Sushi Bistrô no Canto da Lagoa. Bom preço. higiene e variedade. Acho que inclusive ja foi avaliado aqui no Comideria positivamente.

  • Responder
    Aline
    31 de janeiro de 2014 at 7:26 pm

    Quando falamos sobre o vinagre do arroz o careca pegou um sushi com a mão e colocou na boca na nossa frente dizendo que aquele era o “ponto e sabor” ideal do arroz, não teve a humildade de dizer que isso poderia ser revisto. Íamos todas as sextas, aumentou o preço, perdeu a qualidade, saiu pratos e refris do cardápio, enfim, cresceram e não conseguiram manter a qualidade inicial. O que era pra ser um sucesso, virou um fracasso.

  • Responder
    Débora Piangers
    31 de janeiro de 2014 at 8:39 pm

    Daniel,
    Estou acompanhando alguns posts e vejo várias pessoas compartilhando no facebook, eu inclusive. As dicas são ótimas, estou adorando! Também tive uma experiência ruim lá no Sushitec. A Mariana fez um comentário e sugeriu o Nipô pela higiene. Não conheço esse ainda, mas uma amiga disse que encontrou uma larva no temaki e não recebi nem um pedido de desculpa, quanto mais um temaki novo. Deixa uma impressão bem ruim, né?!

    • Responder
      Daniel Becher
      1 de fevereiro de 2014 at 9:22 am

      Sempre deixa, né, Débora? Coisas assim fazem que fiquemos com impressões ruins das casas 🙁

  • Responder
    Marion
    12 de fevereiro de 2014 at 1:07 pm

    Assim como você, também tive a experiência celestial e infernal. Tudo o que você descreveu tem acontecido, lamentavelmente. Torci muito para que o Estreito, tão esquecido, tivesse um restaurante japonês decente. Pelo jeito, só nos meus sonhos mais impossíveis. Ainda bem que Coqueiros é logo ali, onde tenho duas ótimas opções. 😉

  • Responder
    Fernando
    13 de fevereiro de 2014 at 1:02 pm

    Fui ontem e gostei. Pedi apenas os pratos japoneses e estavam frescos, com boa aparência e gosto. Atendimento ágil. O único ponto negativo era a temperatura que estava um pouco quente, algo até compreensível dado essa onde de calor que estamos passando.

  • Responder
    Evandro
    19 de fevereiro de 2014 at 11:01 pm

    Opa,

    Vi o comentário do Rafael sobre o que a proprietária falou referente ao sistema.
    Fui eu quem desenvolveu o sistema.

    Primeiramente eles não quiseram investir num profissional para desenvolver o layout do sistema e ficou com uma aparência horrível. Mas até ai tudo bem.

    Outro problema foi a falta de investimento numa infraestrutura decente. O tráfego de dados é muito grande sendo que eles querem colocar tudo foto em alta definição. A rede deve estar muito bem feita para que aguente o tráfego de todas os dados. Isso que causa toda a instabilidade do sistema. Tanto é que os problemas só começam a ocorrer quando a casa está cheia.

    Claro que como um sistema ele deve estar sofrendo melhoria continua e era essa a idéia. Erros e ajustes a fazer são inevitáveis. Instabilidades também são inevitáveis. Mas como é um produto que foi comprado e não é um produto que comercializo tudo o que precisa ser feito de novas opções é um valor a parte.
    Muitas melhorias foram feitas no sistema e muita coisa estava por vir. Inclusive as melhorias ficaram prontas conforme foi encomendado. O problema é que acham que o serviço de TI é Grátis e não é bem assim que funciona. Sem contar que não existe garantia para problemas decorrentes de mau uso do sistema e sim para problemas que o sistema apresenta.

    Um dos sócios tenho bom relacionamento e é uma grande pessoa. Pena que não deram certo as coisas.

    Sou profissional de TI há 13 anos e amo o que faço. Dizer que eu não quis fazer os ajustes é besteira. Até porque esse é meu trabalho e receberia por isso. Quanto mais desenvolvimento, melhor!

  • Responder
    Mark
    22 de fevereiro de 2014 at 8:45 pm

    Vários amigos já me alertaram sobre esse lugar. Logo deve fechar!!!

  • Responder
    Carla
    6 de novembro de 2014 at 6:00 pm

    Olá amigos. Este post já é bem antigo não sei o que pensam sobre o Sushitec agora, mas gostaria de deixar as minhas impressões.
    Conheci este restaurante por volta de abril deste ano. Foi muito bem recomendado a mim. E realmente gostei muito do lugar. Não vi ingredientes ruins a apresentação era bastante agradável e o melhor, o preço valia muito a pena pela variedade de opções incluidas no buffet livre (quando conheci, o casal saia por uns R$ 100,00, talvez tivessem abaixado o preço pelas reclamações…).
    O Shushitec passou para minha lista de melhor sushi que eu conhecia, fui diversas vezes de lá para cá.
    Alguns pontos francos sempre tiveram, como o sistema que cai bastante, pedidos que não vinham, mas que não atrapalhavam no meu contentamento pelo restaurante.
    Até que a coisa começou a desandar de novo…
    Certo dia fui jantar lá e na hora de pagar a conta fomos surpreendidos que o preço do casal tinha subido exorbitantemente, passou a vigorar os mesmos R$ 130,00. Ninguém nos avisou, não havia placa na entrada, e o pior, o garçon ainda teimou que o preço era aquele há muito tempo! Mentira! Se eu soubesse do valor provavelmente não jantaria lá, achei muito caro e muito maldoso por parte do restaurante fazer este reajuste de mais de 30 reais!
    Enfim, brava, deixamos de ir lá por um tempo, mas a vontade do sushi deles foi crescendo e acabamos voltando outras vezes…
    Outros problemas ocorreram… DICA: não peçam a conta para pagar na mesa, porque voce vai passar raiva: se voce não vai pagar os 10% o garçon simplesmente fecha a cara e não te responde nem boa noite!! fiquei indignada! Quanto profissionalismo, e como eles sabem deixar os clientes confortáveis né…..
    A última vez que eu fui foi derradeira….essa eu não sei se vou superar…. trocaram o chefe.
    O que tinha de bom no restaurante deixou de existir…. mudou a receita de tudo, ao ponto de não conseguirem me entregar um, não sei o nome, punhado de legumes ralados empanados e fritos. pedi a primeira vez e estava intragável, reclamei e me mendaram outro, igualmente intragável, desisti…passei até mal depois…
    Fiquei tão decepcionada com o que via que perdi um pouco do apetite…
    Por acaso conheci este blog e não me aguentei para registrar a minha indignação…
    hehe sei que escrevi demais, mas obrigada pela atenção!
    Abraço!

  • Responder
    Ivanir
    8 de maio de 2015 at 5:46 pm

    Fui na ultima quarta-feira- 06/05- e gostei do Combo de R$60,00. Bom atendimento, boa apresentação e principalmente: bom paladar! Voltarei hoje a noite, para mais um.

  • Responder
    Christine
    12 de agosto de 2015 at 9:21 pm

    2015:

    Olha, eu fui recentemente ao sushitec, duas vezes nesses ultimos meses, e devo dizer que não fiquei nenhum pouco desapontada com a comida. Creio que com as criticas, melhoraram bastante a qualidade da comida. O ceviche estava bom, os sushis maravilhosos e bem servidos, e os garçons e cozinheiros em geral bastante simpáticos e colaborativos. Da primeira vez o preço estava relativamente bem barato para a qualidade boa apresentada. Infelizmente da segunda vez que fui, os preços haviam aumentado um pouco e não estavam mais usando os tablets para realizar pedidos, apenas como cardápio mesmo. Acho que simplesmente voltaram a cobrar o preço de antes, que se iguala aos outros restaurantes de sushi por ai. Mas ainda assim não deixou a desejar na qualidade dos sushis (de fato ainda serviram um sushi a mais e pasteizinhos no final como cortesia da casa, simplesmente porque erraram um pedido de dois sushis apenas). Ainda não posso dizer muito para os outros pratos pois não os provei ainda, mas pelo que vi das mesas ao redor tudo parecia de acordo.

    Claro que sempre há pontos fracos, às vezes havia demora na entrega dos pedidos, logicamente não são todos os garçons que são simpático etc. Mas no geral, como ja se passaram quase 2 anos, acho válido dar uma nova tentativa ao restaurante.

  • Responder
    Christine
    12 de agosto de 2015 at 9:23 pm

    **Correçao: passou-se quase 1 ano, e não 2.

  • Responder
    Varda
    20 de agosto de 2015 at 10:21 pm

    Mudou de dono e de chefe de cozinha. Hora de visitar de novo Becher….

  • Responder
    Guilherme Wiethorn filho
    27 de setembro de 2015 at 10:27 pm

    Hj dia 27/09/2015 retornamos após longos anos ao Sushitec, achei muito ben servido, sashimis muito bem feitos assim como ceviche, pratos quentes e cogumelos. Sushis e temakes TB muito bons, preço na média de todos os sushis da região, fomos e realmente não nos arrependemos, com certeza volto e recomendo a banana flambada com certeza vale a pena experimentar.

  • Comente