Review/ Sanduíches

Cabeça Lanches: outro ambiente, outro endereço, outra qualidade

Se você clicar no meu nome no final deste post verá que dos quase 250 posts que escrevi pra este blog existe um padrão para a publicação:

  1. A experiência foi boa, o restaurante é indicável e tem mais pontos positivos que negativos;
  2. A experiência foi desastrosa. Não foi medíocre, foi um desastre o que aconteceu durante a visita.

Digo isso porque depois de três anos escrevendo sobre experiências gastronômicas algumas situações podem mudar este padrão. A primeira são restaurantes que antes não promoviam uma boa experiência, e N fatores entram na justificativa dessa mudança, inclusive o fato de o dia da visita ter sido um péssimo momento para o cozinheiro; e a segunda é que restaurantes que antes indicavam mudam, e pra pior. Talvez ainda não sejam desastres, mas a justiça precisa ser feita, ainda mais quando é meu aval e minha palavra que estão em jogo.

Coisa de cinco meses atrás tive a oportunidade de voltar ao Cabeça Lanches. A experiência foi ruim, o lanche ficou menos saboroso, menos recheado e mais caro. Depois retornei novamente, o lanche voltou pra padrões aceitáveis e mantive a opinião em deixá-lo no TOP 5 Xis de Floripa, até porque uma segunda lista ainda levaria tempo pra ser preparada e com a deficiência de Florianópolis nessa área ele ainda elencaria os melhores na minha modesta opinião (acredite, os melhores xis hoje estão em São José).

cabeca-espetinho-externa

Ontem retornei à casa. Não era a mesma casa. Recentemente o Cabeça Lanches começou a dividir um espaço com o Espetinho de Ouro, pra quem ainda não conhece, um restaurante especializado em porções e refeições cujo protagonista é o camarão e numa concorrência acirrada com o Boka’s, há anos briga por quem serve a maior e melhor porção da cidade. A qualidade não é grande característica destes tipos.

O endereço também não é o mesmo. Apesar de ser na mesma rua, a casa agora ocupa um espaço maior, no outro lado, onde antigamente funcionava a revenda de carros Super Auto.

Cadê o hamburguer, gente?

Cadê o hamburguer, gente?

E a qualidade? Infelizmente também mudou. Não caiu a ponto de dizer “eu nunca mais volto lá”, mas pra quem viveu os tempos áureos do Cabeça, dizer que é o mesmo lanche seria incorreto de minha parte. Nota-se que o lanche continua do mesmo tamanho, tanto a versão “médio” quanto a “grande”, mas o recheio tem sua composição alterada. Enquanto antes um robusto e saboroso hamburguer era a atração principal do lanche — e não poderia deixar de sê-lo, agora um matagal de salada cresce sem nenhuma poda entre duas fatias de pão que não é mais aquele “fofinho” de priscas eras.

Me coma logo, vamos acabar com esse sofrimento!

Me coma logo, vamos acabar com esse sofrimento!

Talvez na foto do Xis Bacon e do Xis Alcatra acima você não tenha notado, mas agora vai se admirar quando reparar no interior de um Xis Burguer. Um pedaço de carne apático, pedindo pelo amor de santo Cristo pra ser consumido logo e dar fim no drama de ficar perdido no meio do pão e do queijo.

Há que se destacar mais uma vez que o Xis ainda está na frente de outras dezenas de concorrentes, mas muito provavelmente não entraria numa lista de TOP 5 aqui no blog.

Ao insatisfeito, as batatas!

Ao insatisfeito, as batatas!

A maionese caseira, outro ponto forte da casa, continua boa. Agora até menos salgada que antes, deixando os clientes hipertensos um pouco mais felizes (jesus, quem eu estou querendo enganar aqui?).

cabeca-espetinho-cardapio

O ambiente está mais amplo, mas a estrutura promove muito barulho. Em dias em que a casa está lotada é possível notar que ela é mais Espetinho de Ouro que aquele ambiente modesto e confortável do Cabeça antigo, do lado da Pet Shop. As mesas de plástico deram lugar às mesas de madeira, ponto positivo pra casa. Quem passa da primeira arroba de peso sabe o quão isso é importante.

O cardápio mais robusto. Agora além dos xis, e das porções de 6 unidades de pastéis, uma infinidade de pratos com camarão, carnes, peixes etc.

Ademais, resta lamentar que o gigante caiu mais uma vez, mas talvez seja questão de tempo (inclusive este post também tem esta intenção) de que a qualidade seja recobrada, e dizer que, neste momento, este blogueiro não mais indica o Cabeça Lanches como um xis moleque, de várzea, que joga com os dois pontas abertos num campo de areia.

Chopperia Cabeça Lanches e Espetinho de Ouro

  • Endereço: Rua Coronel Pedro Demoro, 1910. Estreito, Florianópolis.
  • Aceita cartões: sim
  • Estacionamento: sim

You Might Also Like

9 Comentários

  • Responder
    marcelo
    29 de Abril de 2014 at 11:17 am

    tops
    1-x salada /hamburgão coqueiros
    2-x bacon/sancler coqueiros
    3-x parmegiana/baita dog kobrasol
    4-x mignon/magrão barra da lagoa
    5-x calabresa/bata dog kobrasol

    Parabéns pelo blog

  • Responder
    Rodrigo
    29 de Abril de 2014 at 1:51 pm

    O “verdadeiro” cabeça lanches fica 30 metros na frente deste do outro lado da rua e se chama “Cabeça Lanches 2” é bem menor, mas é o chapeiro do antigo cabeça lanches. Experimente. Abrcs

  • Responder
    Sabrina
    30 de Abril de 2014 at 6:56 pm

    Não tive a oportunidade de experimentar o antigo Cabeça, mas já acho esse um dos melhores lanches que experimentei… Imagina então o que eu iria achar do antigo?? Mas depois de ler isso vou ter que começar a visitar os outros X’s do teu top 5.

  • Responder
    Aline Schvartz
    1 de Maio de 2014 at 7:07 pm

    Olá. Existe dois cabeças lanche, talvez o que vc tenha realmente gostado seja o do cabeça lanches 2 que é um pouco mais a frente, inclusive o cardápio é igual ao que você mostrou naquele post mais antigo sobre este estabelecimento. Acho que vale a pena dar uma conferida.

    Ps: perguntei pra garçonete, qual que era o cabeça lanches antigo e ela falou que os dois se dividiram e os lanches são diferentes.

    • Responder
      Daniel Becher
      2 de Maio de 2014 at 5:41 pm

      Oi Aline! Não, o que eu gostei é do Cabeça normal, o antigo, que ficava ao lado da agropecuária. Aquele novo, o Cabeça 2, é medonho, não curti. Não fui e nem irei. Mas obrigado pelo toque! 🙂

  • Responder
    Micheli
    1 de Maio de 2014 at 8:15 pm

    O melhor x é o da Mari lanches, fica na rua Santa Clara em Barreiros SJ.

  • Responder
    Marcelo
    8 de dezembro de 2014 at 1:50 am

    Estou a procura do japonês, ele tocava o cabeça lanches 2, eu e um amigo sempre pedíamos o x mignon, e era mignon de verdade, nada de carne com amaciante como 99% dos mignon vem por ai, eu pagava em torno de 18 reais, a alguns meses o cabeça 2 fechou, pois o prédio foi vendido, de lá para cá eu lanchei 2 vezes no cabeça lanches, e paguei da primeira vez 22, e da segunda 24 reais o lanche, um amigo foi semana passada lá ( + – 1 dez de 2014) e pagou 29 reais pelo lanche e uma latinha de refri… ou seja 30 reais por um lanche não da, eu não pago!!!

    Estou a procura do japonês, pois quando fechou ela falou que estava a procura de um lugar para abrir, ele comentou que deveria abrir dentro de uns 2 meses, eu não lembro muito bem da data que ele fechou, mais acredito que já se passaram mais de 6 meses

  • Responder
    Marcelo
    20 de Fevereiro de 2015 at 12:35 am

    O cabeça lanches 2 reabriu em novo endereço com novo nome, japa lanches, esta situado na rua Araci Vaz Callado 1093 um pouco antes de começar a subir o morro, tele entrega 3365 1081

  • Responder
    Jaciana
    24 de Abril de 2015 at 5:18 pm

    Realmente o lanche mudou o sabor e o preço não são mais os mesmos.. sou moradora do Estreito e conheço bem os lanches da região. Esse cabeça com o espetinho de ouro ficou um absurdo de caro e qualidade zero, mais a maionese deles modesta parte é uma das melhores que existe em Floripa.
    Na minha opinião o melhor lanche no momento são os do Baita dog Kobrasol e Campinas
    e o Xpoint que fica praticamente no lado do cabeça com o espetinho de ouro no outro lado da rua em frente ao colégio Aderbal.

  • Comente