Almoço executivo/ Café/ Review

Casa da Itinga, comida simples e bem feita por Vitor Gomes

Estamos numa fase de refazer o simples. Vejo esse movimento começando a ganhar força aqui em Florianópolis após termos perdido um pouco das nossas raízes. Enquanto nas praias as maiores heresias vem sendo cometidas contra o coitado do camarão, nos arrabaldes do município estávamos exauridos de tanta comida gringa enfeitando as mesas e acrescentando pouco paladar. A globalização, por si só, não é a grande vilã. Ela é inevitável e agrega bastante às culinárias regionais, mas fazer o bonito sem deixar de perder o sabor, que é o que realmente importa dentro de um prato, é que são elas.

Casa da Itinga: aconchegante e saboroso

Casa da Itinga: aconchegante e saboroso

Ontem visitei o Café Casa da Itinga que tem assinatura do Chef Vitor Gomes. Assinatura e feitio, diga-se de passagem. Tive a oportunidade de experimentar os pratos do recém aberto café do Corporate Park, um centro empresarial localizado na SC 401, e bater um papo com um dos principais chefs de Florianópolis entre uma garfada e outra de um Arroz de Carreteiro.

Exatamente o que você leu: Arroz de Carreteiro. Essa é a proposta do Vitor Gomes com a Casa da Itinga, um cardápio com comida tradicionalmente simples mas com muito, muito sabor. Fazer o simples bem feito é exatamente a chave desse reavivamento da gastronomia aqui da cidade e a aposta do também proprietário do Ponto G Gastronomia.

Diariamente os pratos são estes, na sequência: abre segunda-feira com arroz de carreteiro, terça tem strogonoff de frango, mini feijoadinha na quarta, lasanha de legumes com ricota em plena quinta-feira e fecha na sexta um nhoque com carne de panela. A sobremesa, que pode completar o cardápio ou não, vai do gosto e vontade do cliente, também é diferente todos os dias.

Arroz de Carreteiro

Arroz de Carreteiro

Comi nesta segunda-feira o arroz de carreteiro. Posso garantir que foi um dos melhores que já comi. O ponto do arroz estava ótimo, a carne não ficou excessivamente salgada mas também não perdeu seu sabor forte característico e o tempero verde combinou bastante, como é prache na receita. Além é claro de um bom queijo ralado por cima.

Salada verde, tomates frescos e folhas de basílico

Salada verde, tomates frescos e folhas de basílico

A refeição foi aberta com uma salada verde com tomates frescos e folhas de manjericão. Também acompanha queijo e e, como não poderia deixar de ser, um azeite de oliva de boa qualidade pra dar mais sabor à entrada.

Mousse de chocolate para a sobremesa

Mousse de chocolate para a sobremesa

Fechou com chave de ouro uma mousse de chocolate, outro elemento simples do cardápio, mas muito bem preparada. A textura dessa mousse é exuberantemente incrível. Espero que a foto consiga passar o prazer que tive ao experimentá-la.

A sobremesa foi acompanhada de um cafezinho, cortesia da casa.

A sobremesa foi acompanhada de um cafezinho, cortesia da casa.

Segundo Vitor esse cardápio deve permanecer por cerca de dois meses quando é substituído por uma nova seleção de pratos, mantendo a mesma tendência e padrão.

O atendimento me chamou bastante a atenção. O estalecimento foi recém aberto, mais precisamente abriu as portas na última quinta-feira então alguns detalhes estão para ser implementados como as maquinetas de cartões de crédito e débito, a identidade visual do restaurante etc. Entretanto a cozinha e o atendimento já está afiado e fluindo muito bem. Todos os pedidos vieram corretamente, fomos muito bem recepcionados, todas as dúvidas sanadas com bastante gentileza e demonstravam sempre preocupação com o serviço.

Doces e salgados

Doces e salgados

Como um bom café, a casa conta também com uma boa variedade de doces e salgados para começar bem o dia ou para o lanche da tarde. E pode se achegar caso queira um simples café ou chope.

A gastronomia agrada o paladar e o estômago, a decoração agrada aos olhos

A gastronomia agrada o paladar e o estômago, a decoração agrada aos olhos

O preço é bastante honesto: o almoço custa R$21 com sobremesa ou R$17 sem ela. Contabilizando o refrigerante e uma água, o almoço saiu por pouco menos de trinta reais.

Fiquei bastante impressionado com o lugar, me senti muito a vontade e recomendo uma visita!

Café Casa da Itinga

  • Endereço: Rod. SC 401, KM 8. Corporate Park, Santo Antônio de Lisboa, Florianópolis.
  • Horário: de segunda à sexta-feira, das 9h às 19h.
  • Estacionamento: sim

You Might Also Like

6 Comentários

  • Responder
    Daniel Becher
    30 de outubro de 2012 at 9:16 am

    Telhado transparente é outra coisa 🙂

  • Responder
    Aline - www.gastronomiaeoutrasfolias.blogspot.com
    30 de outubro de 2012 at 10:21 am

    Bom… só pela assinatura do chef já sabemos que é bom, né?

  • Responder
    Pri
    30 de outubro de 2012 at 11:51 am

    Novidade na área! Me veio a mesma palavra da Sara: “Que lugar querido”. Me interessei pela feijoadinha e gnocchi… Esse cardápio fica também para o jantar (19h)?
    Bjss

    • Responder
      Daniel Becher
      30 de outubro de 2012 at 11:54 am

      Não, Pri, o cardápio é só para o almoço, mesmo. Ele me contou que tem intenção de nas quintas e sextas, futuramente, entrar com Happy Hour, mas imagino que mantém os salgados e doces do balcão apenas.

    Comente