Carnes/ Review

Costelaria da Serra: uma boa costela em Rancho Queimado

As temperaturas começam a cair no Estado, o outono que logo mostrou suas garras com vento-Sul é prenúncio de que o inverno deve ser brabo. Quando isso acontece não tem pra onde correr senão encará-lo de frente e aproveitar as coisas boas que as estações de frio trazem pra nós. Subir a Serra catarinense é uma experiência bastante proveitosa. Além de lindas paisagens, verdes exuberantes, coxilhas de perder de vista e um friozinho aconchegante, a comida serrana é espetacular. Desde a culinária tropeira até as trutas que estão em voga agradam quem procura os lugares altos encontrar tranquilidade e boas experiências.

costelaria-serra-externa-restaurante

Logo no pé da serra, ainda no início da subida, temos Rancho Queimado. E assim que entramos nesta simpática cidade de clima agradável e povo ordeiro e hospitaleiro, temos a Costelaria da Serra. Já havia flertado com este restaurante uma ou duas vezes, mas por força do destino e do horário acabei não parando.

costelaria-serra-entrada-cachacas

A Costelaria é tocada pelo casal Ayrton e Astrid, duas pessoas pra lá de simpáticas e muito acolhedoras, que já na entrada da casa proporcionam uma ótima refeição recebendo os clientes com um sorriso e uma cachacinha de butiá. A Costelaria, como o nome diz, oferece vários pratos à base de costela. Tem a opção de oferecer o tradicional espeto corrido, e ali além do carro-chefe passa nas mesas carnes como contra-filé, picanha, linguicinha, até ovelha pode ser degustada.

Mas é a costela a grande vedete, foi por ela que subimos a serra no último domingo.

costelaria-serra-buffet-quentes

No buffet pratos de comida muito caseira, mas não aquela comida normal de todo o dia. Tem sim aquela salada variada básica, uma maionese como todo bom alemão faz, mas sobra espaço nas cubas para as criações da casa como a lasanha de costela, a polenta assada com carne, uma massa caseira na manteiga de tirar o fôlego de tanto comê-la e, a que mais achei interessante, e ao mesmo tempo simples, o Bolinho de Costela.

costelaria-serra-bolinho-costela

Daria pra passar o almoço inteiro comendo esse bolinho, mesmo sem nenhum acompanhamento, só bolinho e pimenta. Um quitute que, repito, simples, mas muito bem temperado, muito saboroso.

costelaria-serra-costela-assada

A costela assada que passa nas mesas também é muito boa. Ela é macia, chega desmanchando e ouso dizer que poderíamos comê-la de colher.

costelaria-serra-prato-carreteiro-farofa-maionese

O carreteiro, que recebe uma atenção toda especial, também não fica pra trás. Tem um tempero diferente dos carreteiros que já provei, mas bem molhadinho e saboroso, é uma ótima guarnição para as carnes.

costelaria-serra-prato-lasanha-costela-polenta

Farofa, feijão, arroz branco e polenta frita, também tem o tradicional pra agradar todo mundo.

costelaria-serra-sobremesas-buffet

É uma refeição completa que termina com doces e não poderia ser diferente. Pudins, gelatinas, sagú, cremes e mousses, uma mesa repleta de sobremesas pra fechar a refeição da melhor forma possível.

costelaria-serra-picanha-espeto-corrido

O almoço custou com buffet + rodízio de carnes irrisórios R$29. Caso você não queira as carnes do espeto, o preço cai mais ainda: R$24. Não devo falar alto pro Ayrton não mexer no preço, mas para os padrões de hoje esta comida é entregue “de graça”.

 

A Costelaria da Serra passa longe das culinárias rocambolescas e enfeitadas, mas não devemos associar comida simples com comida sem graça. Os pratos são preparados de maneira muito afetuosa, são perfeitos todos, lembra um fim-de-semana na casa da vó. Comfort-food, como os americanos teimam em chamar. Os poucos mais de 60km de Florianópolis à Rancho Queimado valem toda a pena quando se dá a primeira mordida no bolinho de costela. É pra tirar uma selfie com o buffet e guardar como recordação de viagem.

Recomendo a visita!

Costelaria da Serra

  • Praça Leonardo Sell, 15. Centro, Rancho Queimado/SC.
  • (48) 9972-4721
  • Aceita cartões
  • Estacionamento

You Might Also Like

7 Comentários

  • Responder
    Débora
    4 de maio de 2015 at 9:59 am

    Deu fome! 🙂

  • Responder
    Paulo Freitas
    4 de maio de 2015 at 2:21 pm

    Deixa o preço quieto… Ali é caminho de tropeiro, qui nem eu. ?

  • Responder
    marcelo
    4 de maio de 2015 at 5:42 pm

    Muito bom esse lugar, se me permite indicar um parecido, na estrada para São Bonifácio, churrasco da ilha, acho que só abre nos finais de semana.

    • Responder
      Daniel Becher
      5 de maio de 2015 at 8:05 am

      Oi Marcelo, que legal. Obrigado pela indicação, já anotei aqui pra uma futura visita. Procuro sempre conhecer os restaurantes dessa região, obrigado! 🙂

  • Responder
    Ayrton
    5 de maio de 2015 at 8:10 pm

    Daniel o nome do restaurante na estrada de São Bonifácio é Restaurante da Ilha funciona somente aos domingos e é maravilhoso o local. Vc almoça no meio de uma cachoeira, é mágico, fica no km 26 da estrada para São Bonifácio a esquerda. Super recomendo, o casal são nossos clientes e super simpáticos. Comida caseira e churrasco…..Aproveito para agradecer as palavras e comentários sobre a Costelaria da serra. Este tipo de comentário é que nos faz ter garra e cada vez mais vontade de fazer com que nosso humilde restaurante tenha a sua identidade e seu padrão. Obrigado e estamos sempre a sua disposição. Quanto aos bolinhos de costelas, criação minha num fash durante uma noite de sono, também se transforma em um delicioso hambúrguer. Um forte abraço e vamos em frente em busca do melhor prazer da gastronomia. Inovação sempre!!!!

  • Responder
    Carlos Barufe
    7 de maio de 2015 at 9:39 pm

    Quero mais bolinho de costela com lasanha!!! Hahahah.

  • Responder
    Sandra
    21 de julho de 2015 at 5:15 pm

    Olá Daniel, o restaurante em São Bonifácio é Recanto da Ilha, vale a pena vc conferir. O lugar é lindo, os donos são maravilhosos e a comida muito boa. Abre somente aos domingos, mas vale muito ir até lá, comida caseira, queijo na chapa e carnes, e para quem gosta tem várias sobremesas.Um grande abraço para vc e obrigada pelas dicas.

  • Comente